Suspeitos de matar PM dublador de Harry Potter são presos no Rio

Além de militar, Caio trabalhou como dublador, sendo responsável por fazer a voz do personagem Harry Potter no Brasil (Foto: Reprodução)
Além de militar, Caio trabalhou como dublador, sendo responsável por fazer a voz do personagem Harry Potter no Brasil (Foto: Reprodução)
Além de militar, Caio trabalhou como dublador, sendo responsável por fazer a voz do personagem Harry Potter no Brasil (Foto: Reprodução)

Dois homens suspeitos de terem assassinado o soldado Caio César Ignácio Cardoso de Melo foram presos na manhã desta segunda-feira (12) durante uma operação do setor de inteligência da Polícia Militar, no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro.

Além de militar, Caio trabalhou como dublador, sendo responsável por fazer a voz do personagem Harry Potter no Brasil.

De acordo com a PM, Rafael do Nascimento Silva, conhecido como Rafinha, e Rodrigo Freitas dos Santos, conhecido como Sapo, foram detidos na rua Carmem Cinira, na comunidade da Fazendinha, que fica dentro do Complexo do Alemão. Para evitar a prisão, Rodrigo chegou a apresentar um documento de identidade falso para os policiais.
Após ser detida, a dupla foi encaminhada para a 45ª DP (Alemão), onde os policiais que estavam em patrulhamento com o soldado Caio, no dia 30 de setembro, reconheceram Rafinha como o autor do disparo que atingiu a vítima.

O agente foi ferido quando policiais da UPP Fazendinha receberam uma série de disparos ao realizar um patrulhamento pela comunidade.

Na ação, o soldado Caio, de 27 anos, foi atingido e socorrido para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, mas não resistiu aos ferimentos. (diariodolitoral.com.br)

por Folhapress

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA