Somague avança com despedimento coletivo de 273 trabalhadores

(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)

A Somague vai despedir 273 trabalhadores no âmbito de uma reestruturação do grupo de construção e obras públicas, motivada pela retração do mercado da construção nos países onde opera, nomeadamente Angola, Moçambique e Brasil.

Fonte oficial da Somague confirmou à Lusa que o despedimento coletivo de 273 trabalhadores se deve à reestruturação do grupo, que opera num mercado que tem sofrido “uma queda enorme e continuada”.

Para fazer face à queda no mercado nacional, o grupo apostou na expansão internacional, para países de língua oficial portuguesa, sobretudo Angola, Moçambique e Brasil, que entretanto também viram as suas economias afetadas. (cmjornal.xl.pt)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA