Sociedade angolana exortada a participar nos festejos da independência nacional

Ministro da Administração do Território, Bornito de Sousa (Foto: Rosário dos Santos/Arquivo)
 Ministro da Administração do Território, Bornito de Sousa (Foto: Rosário dos Santos/Arquivo)

Ministro da Administração do Território, Bornito de Sousa (Foto: Rosário dos Santos/Arquivo)

A sociedade angolana a todos os níveis foi exortada nesta quinta-feira, em Luanda, a participar nas actividades alusivas aos festejos do 40º aniversário da independência nacional, a assinalar-se a 11 de Novembro.

A exortação foi feita pelo ministro da Administração do Território, Bornito de Sousa, no termo da oitava reunião da comissão inter-governamental para a organização das acções comemorativas da efeméride, de que é coordenador.

“Tratando-se de festejos de todos os angolanos, a ideia é que a efeméride seja celebrada não só a nível nacional, mas também em cada uma das províncias, municípios, cidades e até nos bairros”, disse o governante em declarações à imprensa.

Referiu que o encontro visou fazer uma apreciação dos actos preparatórios relacionados com a festa ao nível de todo o país, “e a informação que temos é que em geral há grande empenho na preparação desta actividade”.

“No essencial, as tarefas inerentes às festividades estão concluídas e nas próximas horas será feita uma comunicação à imprensa, informando sobre alguns detalhes sobre o acto central da efeméride, que terá lugar na capital do país”, precisou.

O ministro salientou que a cerimonia central prevê um conjunto de eventos que decorrerão na tarde do dia anterior ao 11 de Novembro, e durante esta data memorável, tendo realçado o acto ecuménico e o desfile cívico e militar.

Para assistir as comemorações, foram convidadas personalidades estrangeiras que de algum modo deram a sua contribuição para a independência nacional e pela preservação da integridade territorial do país, salientou.

A comissão preparatória inter-governamental para a organização das acções comemorativas do 40º aniversário da independência nacional é integrada por departamentos ministeriais centrais e os governos provinciais. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA