Síria: Rússia continua a bombardear posições do EI (vídeo)

(Euronews)
(Euronews)
(Euronews)

A força aérea russa realizou 41 ataques na Síria, nas últimas 24 horas.

De acordo com o governo russo, grande parte dos ataques ocorreu da região de Alepo, e visaram edifícios utilizados pelo grupo Estado Islâmico.

As forças de Bashar al-Assad prepara, uma ofensiva militar, em larga escala, apoiada por milhares de soldados iranianos e pela força aérea russa nas regiões de Alepo e Hama.

A região do norte da Síria, perto da fronteira com a Turquia, está dividida, com as forças do regime, os insurgentes e o grupo Estado Islâmico a disputarem o controlo.

Na internet vão surgindo alguns vídeos que mostram os rebeldes, em Hama, a combater as forças de Bashar al-Assad.

Os Estados Unidos da América e a Rússia têm bombardeado a região do norte da Síria, visando alvos do grupo Estado Islâmico. Washington acusa Moscovo de bombardear os insurgentes, inclusive aqueles que lutam contra o EI. Moscovo nega.

O Kremlin acusa a Casa Branca de se recusar a cooperar ou partilhar informações sobre a Síria depois dos norte-americanos terem negado receber uma delegação russa de alto nível. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA