Quem resolverá crise de Porto Rico?

(AP Photo/ Ricardo Arduengo, File)
(AP Photo/ Ricardo Arduengo, File)
(AP Photo/ Ricardo Arduengo, File)

A administração de Barack Obama apelou ao Congresso norte-americano a prestar apoio a Porto Rico para resolver a crise de dívida, já que a ilha esgotará os seus recursos financeiros até o fim de 2015, diz-se no comunicado divulgado no site da Casa Branca.

A administração Obama disse que é necessário prestar uma protecção mais ampla contra falência que é acessível somente para Porto Rico, mas não Estados norte-americanos que sofrem de problemas fiscais para ajudar à ilha prevenir uma crise económica e reestruturar a sua dívida de 73 bilhões de dólares.

“Porto Rico não pode resolver a crise por si próprio… A administração assumiu a responsabilidade de continuar a trabalhar com Porto Rico, mas o Congresso deve actuar para resolver a crise”, diz-se no comunicado.

O comunicado diz que as autoridades da ilha têm de introduzir “reformas duras, governação fiscal mais forte e mecanismos de controle orçamental seguros” para fortalecer a economia.

A administração propôs o programa de 4 etapas apelando ao Congresso para aprovar uma reestruturação da dívida porto-riquenha e oferecer um plano de recuperação económica.

Porto Rico está no meio de dificuldades financeiras depois de calote de dívida de Agosto.  Segundo especialistas, a razão principal desta situação financeira muita grave na ilha é o excesso do “governo grátis” que significa que autoridades da ilha gastaram muito e isso levou a um deficit público muito grande. Também a falta de responsabilidade fiscal agravou a crise.

As semelhanças entre crises de dívida da Grécia e de Porto Rico geraram um motivo para brincadeiras. Segundo a Bloomberg, em Julho do ano em curso o ministro de Finanças alemão Wolfgang Schaeuble disse ao seu colega norte-americano Jack Lew que a Europa podia aceitar Porto Rico à zona euro se os Estados Unidos concordassem aceitar a Grécia à união de dólar. (sputniknews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA