Português que morreu a bordo de avião poderia ser traficante

(REUTERS)
(REUTERS)
(REUTERS)

Uma mulher que estaria a acompanhar o jovem de 24 anos foi detida. As autoridades suspeitam de tráfico de droga.

O jovem, de nacionalidade portuguesa, que faleceu este domingo a bordo de um voo da Aer Lingus, que ligava Lisboa a Dublin, poderá estar ligado ao tráfico de droga, segundo as autoridades irlandesas.

Na altura foi noticiado que o jovem português começou por se sentir agitado, tendo acabado por colapsar, o que obrigou o piloto a declarar uma emergência médica e a aterrar no aeroporto de Cork.

A polícia informa agora que a mulher, segundo o Independent Irish, também de nacionalidade portuguesa, que acompanhava o jovem, foi detida por suspeitas de tráfico de droga depois de anfetaminas terem sido encontradas na sua bagagem.

A mulher de 44 anos tinha ainda na bagagem dois quilos do que, alegadamente, se assemelha a cocaína. A substância já foi enviada para o laboratório para análise.

Espera-se que a autópsia a ser realizada esta segunda-feira determine a causa da morte do português. refira-se que deste incidente resultou mais um ferido durante o voo em consequência de ter sido mordido pelo jovem. Foi levado, entretanto, para o hospital da Universidade de Cork.

Os passageiros e a tripulação foram transportados para Dublin de autocarro. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA