Polícia Nacional regista mais de 200 crimes e detém 173 pessoas em três dias no país

Logitpo da Policia Nacional (Foto: Francisco Miudo)
Logitpo da Policia Nacional (Foto: Francisco Miudo)
Logitpo da Policia Nacional (Foto: Francisco Miudo)

A Polícia Nacional registou, nas últimas 72 horas, no país, 219 crimes de natureza diversa, e deteve preventivamente 173 pessoas por suposto envolvimento nos delitos, disse hoje, terça-feira, à Angop o porta-voz da corporação, Aristófanes dos Santos.

O comissário adiantou que dos crimes constam homicídios voluntários, violações sexuais, ofensas corporais, ameaças de morte, porte ilegal de arma de fogo, roubos e furtos diversos.

O maior índice de delitos ocorreu em Luanda com 48 casos, 19 no Huambo, Uíge com 12, e oito em Malanje.

Dos crimes destacam-se os homicídios voluntários no distrito urbano da Samba praticado com arma de fogo por desconhecidos que vitimou um homem de 25 anos, na via pública, enquanto o outro foi cometido com objecto cortante, atingindo mortalmente um adolescente de 15 anos, praticado por uma pessoa conhecida e em fuga, no Rangel.

Constam dos registos duas violações sexuais protagonizadas por homens desconhecidos, sendo vítimas duas crianças de cinco e 14 anos de idade, em residência, no município de Viana, em Luanda e na cidade do Huambo, respectivamente.

Quanto ao enfrentamento fez saber que a polícia procedeu a apreensão de duas armas de fogo, uma viatura, 146 motociclos, um computador, uma pistola de brinquedo utilizada em assaltos, dois telemóveis, vários artigos e utensílios de cozinha e electro domésticos, um kg e 50 porções de liamba.

Já na fronteira com a província da Lunda Norte e a República Democrática do Congo (RDC) foram detidos 72 cidadãos, deste país, por violação do território nacional, o repatriamento de 232 e saída voluntária de 19 outros. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA