Polícia detém activistas dentro da Igreja de São Domingos em Luanda

Vigília em Luanda a favor de activistas angolanos (VOA)
Vigília em Luanda a favor de activistas angolanos (VOA)
Vigília em Luanda a favor de activistas angolanos (VOA)

A polícia angolana deteve no final da tarde desta segunda-feira três activistas conhecidos como sendo “incentivadores” do Movimento Revolucionário quando assistiam a uma missa na Igreja de São Domingos, em Luanda.

Adolfo Campos, Baixa de Kassange e Mário Sebastião foram retirados de dentro do templo e levados pela polícia para parte incerta.

A missa de acção de graças a favor dos 15 activistas detidos continua, enquanto no exterior da igreja há muita gente e um forte aparato policial.

A missa de hoje segue-se a quatro dias de vigílias na capital angolana a favor dos activistas detidos, em particular de Luaty Beirão que está em greve de fome há 21 dias.

Outro detido, Nelson Dibango, iniciou uma greve de fome.

Ontem, as cerca de 100 pessoas que participavam da vigília da Igreja da Sagrada Família dispersaram depois de a polícia ter montado um aparatoso esquema e de ameaçar carregar contra os presentes. (voa.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA