Pirateavam TV e vendiam sinal na Europa e Brasil

(Foto: DR/Polícia Federal)
(Foto: DR/Polícia Federal)
(Foto: DR/Polícia Federal)

A Polícia Judiciária e a Polícia Federal brasileira desmantelaram uma estrutura criminosa internacional, dominada por dois irmãos portugueses, especializada em piratear canais por satélite através da duplicação de cartões, vendendo depois o sinal em vários países europeus e no Brasil.

Tinham mais de dez mil clientes que proporcionavam rendimentos de aproximadamente 100 mil euros por mês. O método é conhecido por “cardsharing”.

A rede era controlada a partir de Lisboa, por uma estrutura de caráter familiar que dividia a responsabilidade e os lucros conseguidos. Da mesma forma, era a partir do nosso país que o sinal era viciado e distribuído pelos clientes na Europa e no Brasil. Um dos dois irmãos foi detido no Brasil, juntamente com mais oito indivíduos, enquanto o outro já está identificado, mas encontra-se na Alemanha. Em Portugal, foi constituída arguida uma mulher, familiar dos dois irmãos, numa investigação da PJ de Lisboa. (jn.pt)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA