O Desenvolvimento Humano, as Migrações e a Pobreza

Gabriel Baguet Jr (Foto: Jorge Monteiro/Portal de Angola)
Gabriel Baguet Jr (Foto: Jorge Monteiro/Portal de Angola)
Gabriel Baguet Jr (Foto: Jorge Monteiro/Portal de Angola)

Este ano a Organização das Nações Unidas celebra 70 anos de existência. Esta celebração também coincidiu com a realização da Assembleia- Geral da ONU e ano de 2015 apresenta uma oportunidade histórica sem precedentes para reunir os países e a população global e decidir sobre novos caminhos, melhorando a vida das pessoas em todos os lugares do planeta.

Nova-Iorque recebeu nestes últimos dias Chefes de Estado e de Governo de vários países e na bagagem da discussão estavam e permanecem os desafios com que cada Estado membro da ONU enfrenta os desafios que se colocam aos vários decisores governamentais e que a reflexão discursiva entre os oito Objectivos do Desenvolvimento do Milénio e os Objectivos do Desenvolvimento Sustentável.

E são essas decisões que determinarão o curso global de acção para acabar com a Pobreza, promover a Prosperidade e o Bem-estar para todos e protecção do Meio Ambiente e enfrentar as Mudanças Climáticas. Neste ano de 2015 todos os países têm a oportunidade de adoptar a nova agenda de Desenvolvimento Sustentável e chegar a um acordo global sobre as mudanças climáticas.

E a unanimidade no tom dos discursos feitos na sede da ONU revelou novas esperanças em termos de novas políticas públicas nestes domínios do combate à Pobreza e a necessidade de olhar para as Alterações Climáticas com mais rigor e eficácia. Porque é uma realidade inquietante à escala global.

Por isso, espera-se que as acções tomadas em 2015 resultem nos novos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que se baseiam nos oito Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM).As Nações Unidas estão a trabalhar junto dos Governos, Sociedade Civil e outros parceiros para aproveitar o impulso gerado pelos ODM e levar a diante uma Agenda de Desenvolvimento Pós-2015 ambiciosa e que seja posta em prática para benefício de todos.

Mas neste quadro de preocupações e no quadro da Agenda Pós-2015, esta Assembleia-Geral da ONU coincidiu com a grave crise das Migrações e dos Refugiados em todo o mundo, tema que também a agenda política dos Governos, pois é importante garantir a todos uma vida com dignidade. Porque a crise continua e com reflexos que se estendem a vários cantos do mundo. (opais.co.ao)

por Gabriel Baguet Jr

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA