Nova Ford Ranger mais robusta, mais inteligente, mais capaz para a ASS

(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)

A nova Ford Ranger está destinada a estabelecer novos padrões de referência no segmento dos veículos comerciais ligeiros (VCL) com uma mistura irrepreensível de capacidade robusta, fabrico e tecnologia avançada.

A nova Ford Ranger oferece um novo nível de conforto e requinte para o seu segmento sem comprometer a capacidade resistente que os nossos clientes exigem e aprenderam a apreciar no modelo actual”, afirma Tracey Delate, Director-Geral de Marketing da Ford Motor Company da região da África Subsaariana. “Representa um tipo de robustez mais inteligente e irá ajudar os nossos clientes a conseguirem mais em qualquer tipo de aplicação.”

A actual Ranger é uma das pick-ups mais robustas e mais capazes no mercado, e isso reflecte-se nas vendas excepcionais da Ranger na África Subsaariana que aumentaram significativamente desde que foi lançada em 2011,”afirma Delate.

Graças ao nosso legado de camiões de que nos orgulhamos e à nossa experiência global no segmento utilitário, tornamos o que era óptimo ainda melhor, com um novo visual ousado, eficiência melhorada e um novo nível de refinamento. Esperamos que a nova Ranger mantenha a tendência e tire partido deste sucesso sem precedentes”.

A nova Ranger continua a ser fabricada na Fábrica de Montagem de Silverton da Ford em Pretória e a ser exportada para 148 mercados na África e na Europa. Os motores Duratorq TDCi são fabricados na Fábrica de Motores de Struandale em Port Elizabeth. 

Design robusto e moderno

As alterações introduzidas na nova Ranger começam com um design exterior actualizado. Um visual ousado, mais moderno empresta à Ranger uma presença poderosa na estrada e transmite imediatamente um sentimento de capacidade. Um capô mais musculoso desemboca numa nova grelha trapezoidal resistente, que liga de forma perfeitamente integrada com os faróis do tipo “projector” cinzelados, acentuando a largura e postura forte da nova Ranger.

Quando olhamos para a forma como os nossos clientes usam os seus veículos, é importante que a Ranger pareça e funcione como uma ferramenta de confiança robusta,” acrescenta Delate.

A equipa de design da Ford viu uma oportunidade de dar ao design uma tensão extra e realçar os elementos de design “Built Ford Toughcomo as entradas de ar laterais – mantendo sempre as excelentes características aerodinâmicas da nova Ranger.”

O exterior modernizado foi combinado com um novo interior elegante nas novas versões XLT, Wildtrak e Limitada criando um ambiente de carro ainda mais confortável e contemporâneo para o condutor e os passageiros. Linhas horizontais bem definidas atravessam toda a largura da cabina, oferecendo uma sensação de amplitude, criando uma distinção clara entre os níveis superior e inferior e colocando o enfoque no ecrã táctil central de oito polegadas.

Atrás do volante, um novo grupo de instrumentos TFT duplos oferece aos condutores informações sobre o veículo, assim como recursos de entretenimento, controlo da climatização e recursos de telemóvel num relance.

O interior da nova Ranger é elegante e moderno, combinado com um forte aspecto técnico,” afirma Delate. “Acentuando o design, foram escolhidos materiais elegantes e atraentes e ao mesmo tempo suficientemente duradouros para enfrentar a vida dura de um camião de trabalho. O interior pode ter uma aparência mais semelhante à de um carro, mas é mais prático do que nunca.

Capacidade e refinamento

A nova Ford Ranger mantém-se como uma das pick-ups mais capazes da sua classe. Com uma profundidade excepcional até 800 mm de água, distância ao solo de 230 mm, foi concebida e desenvolvida para enfrentar com facilidade os terrenos mais difíceis. Graças a um ângulo de ataque de 28 graus e um ângulo de saída de 25 graus, os condutores na nova Ranger podem se sentir confiantes quando tiverem que enfrentar obstáculos íngremes.

Uma caixa de transferência robusta controlada electronicamente permite aos condutores nos modelos 4 x 4 passar da tracção 4 x 2 para a 4 x 4 em movimento através de um botão na consola central. Para binário a baixas rotações ou controlo adicional em descidas, os condutores também podem engatar uma engrenagem 4×4 de baixa gama, enquanto um bloqueio electrónico do diferencial traseiro ajuda a melhorar a tracção em condições difíceis. Estes pontos fortes fora da estrada são combinados com uma capacidade de reboque de 3 500kg e uma capacidade impressionante de carga útil.

A nova Ranger consegue tudo isso com um nível de refinamento que não costuma ser encontrado normalmente no segmento das pick-ups. Embora a actual Ranger já estabeleça os padrões em matéria de condução e manobrabilidade, os engenheiros da Ford aperfeiçoaram a suspensão da nova versão para conforto adicional e uma manobrabilidade ainda melhor.

A experiência de condução é reforçada por um sistema de Direcção Assistida Eléctrica (EPAS) que assegura uma direcção precisa com uma sensação natural e confiante. Com o sistema EPAS, a direcção é leve e controlável para manobras a baixa velocidade, como estacionamento, e precisa em altas velocidades.

O nível de assistência varia de acordo com a velocidade, ângulo do volante, curvas e aceleração ou desaceleração. Além disso, eliminando-se a bomba da direcção usada num sistema tradicional de bomba de direcção, o sistema EPAS permite também um veículo mais silencioso e melhora a eficiência em termos de combustível em cerca de três por cento.

Os engenheiros equiparam a nova Ranger com materiais avançados de insonorização acústica e isolamento melhorado para um dos interiores de cabina mais silenciosos e mais confortáveis na sua classe.

Tecnologia avançada

Uma panóplia de tecnologias de ponta estão disponíveis na nova Ford Ranger para ajudar os condutores a manterem-se ligados e sob controlo.

O sistema de conectividade “in-car” de última geração da Ford, SYNC®2, oferece aos condutores formas inteligentes e seguras de manter-se ligado e é comum na nova Ranger XLT e Wildtrak. Usando comandos de voz natural como “temperatura a 20 graus”, “tocar AC/DC” ou “ligar ao John”, o condutor pode controlar o sistema de climatização do carro, o sistema de entretenimento e as funções de telefone mais facilmente do que nunca. Um ecrã táctil de 8 polegadas disponibiliza mais controlos ao alcance dos dedos do condutor, com cantos codificados por cores para facilitar a navegação no menu.

Para maior comodidade, a nova Ranger dispõe de uma tomada de alimentação de 240 volts que pode ser usada para ligar um portátil ou dispositivo móvel em qualquer lugar, desde um local de trabalho a uma viagem na estrada com a família.

Dispõe também de uma série de recursos de assistência ao condutor, incluindo o Programa Electrónico de Estabilidade (ESP) e ABS nos modelos XL+ e superiores. O sistema EPS integra Controlo de Tracção (Traction Control), Assistência ao Arranque em Subidas (Hill Launch Assist), Controlo de Velocidade em Descida (Hill Descent Control), Controlo de Adpatação à Carga (Adaptive Load Control), Controlo de Balanço do Reboque (Trailer Sway Control) enquanto o sistema ABS inclui Assistência à Travagem de Emergência (Emergency Brake Assistance) e Distribuição Electrónica da Força de Travagem (Electronic Brakeforce Distribution).

Os novos modelos Wildtrak e Limitado estão equipados com Monitorização da Pressão dos Pneus, espelho retrovisor electrocromático, Assistência ao Estacionamento Dianteiro e Traseiro (Front and Rear Park Assist), Câmara de Visão Traseira, Conversor de Potência e iluminação na caixa de carga na barra desportiva.

Eficiência energética

A impressionante potência, resistência e capacidade de reboque e de carga útil da nova Ranger, são possíveis graças à última geração de motores a diesel Duratorq TDCi potentes, mais refinados e eficientes em termos de combustível, assim como o motor a gasolina Duratec comprovado. Estes motores oferecem aos condutores da Ranger uma combinação vencedora de potência e eficiência em todas as condições, a ajudam a realçar a promessa “divertido de conduzir” da Ford.

O poderoso motor a diesel Duratorq TDCi com cinco cilindros de 3.2 litros é o topo da gama, e ganhou uma reputação impressionante pelos seus níveis de desempenho definidores do segmento. Upgrades incluem um novo sistema de recirculação dos gases de escape que ajuda a melhorar a eficiência em termos de combustível até 18 por cento, continuando a produzir ao mesmo tempo 147kW (200PS) de potência acompanhada de um binário de 470Nm.

O motor a diesel Duratorq TDCi, resistente e económico, com quatro cilindros de 2.2 litros continua a fazer parte da linha, disponível na gama de potência média 92kW (125PS)/320Nm ou na versão de alta potência com 110kW (150PS) e 375Nm. Combinado com a adição do sistema EPAS e o uso de uma relação de transmissão final maior reduz o consumo de combustível.

A nova Ranger está também disponível com motor a gasolina Duratec de 2.5 litros de confiança, produzindo 122kW (163PS) de potência e 226 Nm de binário.

Dependendo da versão do modelo, a nova Ranger está equipada com transmissão automática ou manual de seis velocidades ou manual de cinco velocidades nas versões a gasolina.

Gama de modelos renovada

A nova Ford Ranger está disponível numa vasta gama de modelos e níveis de especificação, abrangendo um total de 42 modelos em todos os mercados com volante à esquerda na região da ASS**.

É oferecido um total de sete versões de cabina individual, abrangendo desde o Básico a gasolina 2.5 e a diesel 2.2L até ao 2.2 XL + 4×4 Manual. A Cabina RAP está disponível numa versão 2.2 4×4 XLT.

Uma gama  de Dupla Cabina modificada consiste num total de 34 modelos, indo desde o Comercial  4×2 Duratorq TDCi 92kW (125PS) 2.2, até ao 4×4 Limitado Duratorq TDCi 147kW (200PS) de 3.2-litros, com a opção de transmissão manual ou automática. (liftconsulting)

Os valores declarados de consumo de combustível e de emissões de CO2 foram adquiridos de acordo com os requisitos técnicos e especificações (SANS 20101: 2006 / ECE R101: 2005) em condições de laboratório, como estipulado pela legislação. Os valores de consumo de combustível e de emissões de CO2 são utilizados para comparar diferentes tipos de veículos em condições uniformes e não são necessariamente indicativos de condições de condução da vida real. Ter em atenção que o consumo real de combustível e emissões depende de muitos factores, incluindo os seus hábitos de condução, condições prevalecentes e dos equipamentos do seu veículo, condição e uso.

**Gama de modelos determinada por mercados específicos na ASS. Nem todas as versões estão disponíveis em todos os mercados. 

Sobre a Ford Motor Company

A Ford Motor Company, uma empresa mundial da indústria automóvel líder, sediada em Dearborn, Michigan, fabrica ou distribui automóveis em seis continentes. Com cerca de 195.000 funcionários e 66 fábricas em todo o mundo, as marcas de automóveis da empresa incluem a Ford e a Lincoln. A empresa presta serviços financeiros através da Ford Motor Credit Company. Para comunicados de imprensa, materiais relacionados e fotografias e vídeos de alta resolução,

Sobre a Robert Hudson

A Robert Hudson, representante oficial da Ford em Angola, iniciou a sua actividade no mercado angolano em 1926 e é, de todas as empresas de automóveis, a mais antiga e prestigiada, mantendo-se fiel aos seus padrões tradicionais de crescimento, solidez, confiança e responsabilidade, primando por manter uma relação estreita com os seus clientes. A Robert Hudson tem cerca de 300 colaboradores e em 2013 vendeu 3.000 automóveis Ford, tendo facturado 150 milhões de dólares. Desde 2012, é líder de mercado no importante segmento das “pick-up”, com o modelo Ranger. Actualmente, assegura uma cobertura de 65% do território angolano, estando presente em Luanda, Lobito, Benguela, Malange, Lubango, Namibe, Huambo, Cuando Cubango, Bié, Moxico e Cabinda. A Robert Hudson é uma empresa do Grupo Salvador Caetano desde 1990. (liftconsulting)

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA