NOSSA Seguros reconhecida pela agência Fitch Ratings

(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)

A agência de notação financeira Fitch Ratings atribuiu a classificação Insurance Financial Strenght (IFS) “B+” à NOSSA Seguros, com perspectiva estável, soube o SE de um comunicado da instituição

De acordo com a informação a que o SE teve acesso, A Nova Sociedade de Seguros de Angola (Nossa Seguros) passa a ser a primeira companhia de seguros angolana a sujeitar-se a um processo de notação financeira pela FITCH Ratings e a ser a única entidade seguradora angolana a ser avaliada numa escala internacional e que permite comparações a nível mundial.

“O processo de obtenção do rating visa aferir, através da análise de uma entidade externa, isenta e idónea, a sustentabilidade do negócio da NOSSA Seguros, a sua estabilidade financeira bem como a transparência e disciplina da sua gestão”, lê-se no comunicado.

Na opinião dos analistas da Fitch Ratings, referida na comunicação, a capitalização da NOSSA Seguros é favorável à classificação obtida. A informação refere de igual modo que a margem de solvência da Nossa Seguros, se destaca favoravelmente quando comparada com a dos seus pares, tendo sido de pelo menos 115% do mínimo exigido para cada um dos últimos cinco anos sendo que a perspectiva para 2015 é de aumento.

A informação refere que a rentabilidade apresentada é positiva e estável, como indicado pela margem de subscrição que passou de 0,7% em 2013 para 18,8% em 2014. A melhoria desta margem foi impulsionada pelo efeito positivo das medidas implementadas no sentido de tornar mais eficiente a gestão da sinistralidade e de despesas. Assim, os resultados líquidos evoluíram 84% passando de 162 Milhões de Kwanzas em 2013 para 297 Milhões de Kwanzas em 2014, gerando um retorno sobre os capitais próprios de 18,1% (2013: 11,5%).

Foi ainda realçado pela Fitch Ratings a existência na NOSSA Seguros de uma estratégia diferenciadora assente numa experiente equipa de gestão que tem vindo a incutir na empresa uma forte governação corporativa, melhorar o serviço ao cliente de forma a torná-lo cada vez mais robusto e a implementar as melhores práticas ao nível dos processos de negócio do mercado de seguros, distinguindo-se assim da concorrência e cimentando uma relação de forte confiança com os clientes e parceiros.

“Este relatório demonstra a solidez da estratégia da NOSSA, combinando as vertentes técnicas e comerciais complementadas com uma aposta clara no desenvolvimento dos nossos recursos humanos e índices de performance consistentes. O resultado obtido ratifica o nosso foco na oferta de soluções adequadas e na proximidade aos nossos clientes”, comenta Carlos Duarte, Presidente do Conselho de Administração da NOSSA Seguros.

O rating IFS da NOSSA está ao mesmo nível tanto do Issuer Default Ratings (IDR) do BAI como do Estado Angolano.

A Nossa Seguros prevê facturar até ao final do ano em curso 50 milhões dólares, segundo revelou recentemente, ao Semanário Económico, o Presidente do Conselho de Administração da instituição.

Segundo Carlos Duarte consta dos projectos de expansão da seguradora a abertura de mais três agências até o primeiro trimestre de 2016, nas cidades do Cuíto, província do Bié, no Dundo província da Lunda norte e no Cuando Cubango, perfazendo um total de 23 agências.

“Vamos continuar com o nosso plano de expansão, até conseguirmos atingir todo o território nacional”, disse. O PCA revelou que o seguro de saúde, reactivado em Fevereiro último, após ter sido descontinuado há já algum tempo, já atingiu cerca de 10 mil clientes. A NOSSA Seguros actua no mercado há 10 anos e tem como accionista maioritário (72%) o BAI – Banco Angolano de Investimentos. Com a obtenção do rating, a NOSSA Seguros contribui para o reforço da credibilidade do ambiente de negócios em Angola. (semanarioeconomico.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA