Navios provocam poluição

Cemitério de navios em Angola (D.R)

O “cemitério de navios”, na praia de Sarico, no município de Cacuaco, além de ser agente poluente a longo prazo, serve de abrigo para marginais, alertou ontem o presidente da Juventude Ecológica de Angola (JEA).

Cemitério de navios em Angola (D.R)
Cemitério de navios em Angola (D.R)

José Silva defendeu a necessidade de haver uma estratégia integrada a nível de instituições públicas e privadas para a criação, em Luanda, de um estaleiro naval, uma estrutura para o desmantelamentos de navios ou embarcações avariadas ou no fim de vida útil.

“Os barcos inoperantes  continuam a ser transportados para este local sem a devida descarga de meios que podem poluir as águas.”  A presença de navios no fim de vida útil na praia de Sarico, disse, tem dificultado o lazer e melhor aproveitamento do local por parte dos banhistas.

“Os barcos são transferidos da Baía de Luanda e de outras zonas do litoral norte, entre Luanda e Bengo, para a praia de Sarico.

Alguns consideram isso um mal menor, ainda assim, temos que ter em conta que a zona próxima ao Sarico está mais habitada”.Acrescentou que a presença destes navios também pode ter o efeito de poluição visual, tendo em conta a forma desordenada como estão expostos naquela praia. (jornaldeangola.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA