Moçambique: Marcha na Maxixe em repúdio à onda de raptos e assassinatos de albinos

(rm.co.mz)
(rm.co.mz)
(rm.co.mz)

Milhares de pessoas, entre alunos, professores e população em geral marcharam, este sábado, na cidade da Maxixe, em Inhambane em repúdio à onda de raptos e assassinato de albinos que se verifica em alguns pontos do país.

A marcha, que percorreu várias avenidas da chamada capital económica da província de Inhambane, faz parte de várias acções levadas a cabo pelo Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano, para de viva voz dizer “NÃO” ao tratamento desumano, estigmatização, rapto e assassinato de pessoas portadoras do albinismo.

Vários dísticos com mensagens como “ Somos todos humanos, por isso abaixo o rapto e o assassinato de pessoas portadoras de albinismo”, foram exibidos por crianças de várias escolas da cidade da Maxixe.

No percurso realizado, vários participantes lamentaram a atitude de algumas pessoas que olham para os albinos como uma fonte de riqueza e pediram a aplicação de penas duras aos envolvidos.

Além da marcha, várias outras acções estão em curso na Maxixe, com destaque para a promoção de peças de teatro, poesia e criação de murais nas escolas, em repúdio ao tratamento desumano, estigmatização, rapto e assassinato de pessoas portadoras do albinismo. (rm.co.mz)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA