Ministério da saúde cria mais centros de diagnostico do cancro

Carlos Alberto Masseca - Secretário de Estado da Saúde (Foto: joaquina Bento)
Carlos Alberto Masseca - Secretário de Estado da Saúde (Foto: joaquina Bento)
Carlos Alberto Masseca – Secretário de Estado da Saúde (Foto: joaquina Bento)

Cinco centros de diagnóstico e tratamento de casos de câncer serão criados nas cinco regiões com angolanas que possuem Faculdades de Medicina, nomeadamente Benguela, Malanje, Huambo, Huíla e Cabinda, afirmou hoje, sexta-feira, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Alberto Masseca.

Discursando no acto de abertura do Workshop sobre o Programa Nacional de Prevenção e Controlo do Câncer em Angola, disse que o câncer, tal como outras doenças infecto contagiosas, são as principais causas de mortes no país, pois elas coabitam com as doenças crônicas não transmissíveis.

“O câncer é uma realidade hoje no nosso sistema nacional de saúde, por isso, exige resposta imediata da sociedade”, alertou.

Segundo a OMS, o Programa de Prevenção e Controlo do Câncer é um instrumento de saúde pública desenvolvido para reduzir a incidência e a mortalidade do câncer na população.

O Workshop, organizado pelo Centro nacional de Oncologia, serviu para a apresentação da proposta do Programa Nacional de Prevenção e Controlo do Câncer.

O Centro nacional de Oncologia de Luanda notificou, no ano passado, cerca de três mil casos de câncer. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA