Manuel Ventura na galeria da UNAP

(Foto: Santos Pedro)

Manuel Ventura inaugura, hoje, às 18h00, no Salão Internacional de Exposições da União Nacional dos Artistas Plásticos (UNAP), em Luanda, a sua primeira mostra de gravura, intitulada “Transumânciandando com Goivas”.

(Foto: Santos Pedro)
(Foto: Santos Pedro)

A exposição, explicou o artista plástico com 13 anos de carreira, transporta nos seus 22 quadros com as técnicas de xilogravura e linogravura e uma placa de transmissão de vídeos e imagens, a sua conivência e o que observa no dia-a-dia.

Manuel Ventura explicou que a exposição é o reflexo da sua vivência e da aproximação que tem com as pessoas e a expressão artística resultante do contacto com o Atelier Transumância, no qual faz parte, e a convivência com o pintor e escultor António Gonga.

O seu imaginário, reflectido na vivência dos angolanos de ontem, hoje e perspectivas para futuro, disse, é realçado na sua arte e técnica de fazer gravuras em relevo sobre madeira e impressão em placa de linóleo como matriz. “Inspirei-me igualmente nas histórias de vida de algumas pessoas, como a luta incessantes dos vendedores de rua”.

A exposição traz os quadros “Jingolokela ja Luanda (Ecos de Luanda)” (2008) e “Luanda todos juntos é possível” (2009), distinguidos nos respectivos anos no Prémio Cidade de Luanda, na modalidade de gravura.
Segundo o artista plástico “é andando que conhecemos a vida e as coisas que nos rodeiam”, e partindo desse pressuposto, procura associar o substantivo “Transumância” com o gerúndio do verbo “Andar” para significar o percurso existencial.

As obras retratam   o retorno intemporal que explica  a marcha em expressivas colunas de pessoas que se movimentam insaciavelmente para resgatar, conservar e sistematizar artisticamente o imaginário das tradições angolanas.

Manuel Ventura nasceu em Luanda, onde fez o Curso Médio de Artes Plásticas, na Escola Nacional de Artes Plásticas, entre 2000 e 2003. Tem dentre outras conquistas o Prémio SDV – AMI Angola of Africa Line, de pintura sobre contentor, em 2005, Melhor Logomarca do Carnaval de Luanda em 2006 e Juventude Ensa-Arte, em Pintura, em 2010.

É membro  da União Nacional dos Artistas Plásticos (UNAP), professor de Educação Visual e licenciado em Antropologia, pela Faculdade de Ciências Sociais, da Universidade Agostinho Neto. (portaldeangola.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA