Malanje: Província prepara 90 mil hectares para presente época agrícola

Noventa mil hectares estão a ser preparados (D.R)

Cahombo – Noventa mil hectares estão a ser preparados na província de Malanje para a campanha agrícola 2015/2016, aberta quinta feira no município de Cahombo, pelo governador provincial, Norberto dos Santos “Kwata Kanawa”.

Noventa mil hectares estão a ser preparados (D.R)
Noventa mil hectares estão a ser preparados (D.R)

De acordo com o director provincial da agricultura, desenvolvimento rural e pescas, João Manuel, que avançou a informação, os hectares serão preparados por via de mecanização agrícola, manual e por tracção animal e vão estar à disposição de mais de 80 famílias.

O responsável fez saber que nesta campanha está planificadas a distribuição de 10 toneladas de sementes milho, 20 de feijão, 88 de fertilizantes diversos, 50 unidades de charruas de tracção animal, entre outros meios.

O director provincial informou que o sector que dirige vai continuar a trabalhar no âmbito do programa de reconversão varietal da mandioca, distribuindo estacas melhoradas a partir dos campos de multiplicação para a geração de campos comunitários.

Disse que o programa de crédito agrícola de campanha está a ser retomado e nesta campanha agrícola serão beneficiadas associações e cooperativas dos municípios de Malanje, Cacuso, Calandula, Kiwaba Nzoji e Cahombo.

A fonte referiu que a partir do mês de Março próximo terá início o projecto de agricultura familiar orientado para o mercado “Mosap 2”, em 11 municípios e 26 comunas.

Entretanto, João Manuel explicou que durante a campanha passada 2014/2015, lançada no município de Cangandala, o sector da agricultura envolveu cerca de 64 mil 296 famílias.

Fez saber que durante a mesma se obteve um total de milhão e 135 mil 415 toneladas de produtos diversos, sendo que a mandioca se destaca com cerca de 1 milhão e 88 mil 719 toneladas, seguido da batata doce com 29 mil toneladas, milho, feijão e ginguba.

Segundo ele, foram preparados e cultivados 77 mil 152 hectares e distribuidas 81 toneladas de sementes diversas e 5 mil 750 unidades de instrumentos de trabalho entre enxadas, catanas e machados.

O programa de reconversão varietal da mandioca distribuiu um total de 300 mil estacas de mandioca plantadas em 28 hectares, perfazendo um total de 17 campos instalados em todos os municípios.

O Mosap instalou 209 escolas de campo e beneficiou 6 mil 203 famílias com projectos de formação e capacitação, sendo também abrangidas 4 mil famílias com projectos de instalação de moagens e preparação de terras. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA