Madagáscar quer know angolano na exploração de petróleo

Embaixador de Angola na República de Madagascar, Brito Sozinho (Foto: Angop)
Embaixador de Angola na República de Madagascar, Brito Sozinho (Foto: Angop)
Embaixador de Angola na República de Madagascar, Brito Sozinho (Foto: Angop)

O Presidente do Madagáscar, Hery Martial Rakotoarimanana Rajaonarimampianina, manifestou hoje, quarta-feira, o desejo de ver transferido para o seu país o ‘Know’ de Angola em matéria de prospecção de petróleo e na formação de quadros nesta área.

O facto foi revelado durante, a cerimónia de apresentação de cartas credênciais, do embaixador de Angola naquele Estado africano, Brito Sozinho, no Palácio do Estado, na sua capital em Antananarivo.

Por sua vez, o embaixador Brito Sozinho, agradeceu o apoio que o Madagáscar tem prestado à Angola nos foruns internacionais e frisou que seria com muito agrado ver estreitados os laços entre os dois países no domónio do crude e na formação quadros malgaxes, no nosso Instituto Nacional de Petróleos, na província do Kuanza-sul, assim como em contar com a experiência daquele país africano em áreas como, a agro-pecuária e o turismo que detêm grande potencial.

Os dois interlecutores reafirmaram, ainda o desejo de fortalecerem, cada vez mais, os “excelentes laços de cooperação e de amizade” que unem estes dois países desde a década de setenta.

Presenciaram a audiência, o ministro da Defesa, General Dominique Rakotozafy, o director do Protocolo de Estado, Liva H. Rabarihoela, o secretário Geral da Presidencia da República, Roger Pierre Ralala e o ministro Conselheiro angolano Afonso Evaristo Edaurdo.

Com esta acreditação feita pelo Presidente Malgaxe e antecedida das cartas figuradas, apresentadas terça-feira à ministra dos Negócios Estrangeiros Beatrice Atallah, o embaixador Brito Sozinho, está autorizado a exercer as suas funções naquele país, com o estatuto de não residente, condição que exerce igualmente, no Reino da Swazilândia.

O diplomata angolano com residência na República de Moçambique desde Dezembro de 2014, está ainda indicado como representante de Angola na República do Malawi e nas Ilhas Comores.

A República do Madagáscar é a maior ilha do continente Africano, e é cercado inteiramente pelo Oceano Índico, contando com uma superficie de 587 040 km² e uma população de mais de dois milhões de habitantes.

A sua economia baseia-se essencialmente, na agro-pecuária, nas pescas e no turismo, o arroz e o café, são os produtos geradores de mais divisas para o país, estudos recentes que datam do ano de 2005, apontam para existência de grandes quantidades de petróleo no seu offshore. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA