Lunda Sul: Melhoria da qualidade de ensino é fundamental para formação de quadros- Pinda Simão

PINDA SIMÃO, MINISTRO DA EDUCAÇÃO (ARQUIVO) (Foto: Angop)

Muconda -A melhoria da qualidade de ensino e aprendizagem é fundamental para a formação de quadros empreendedores, qualificados e competentes, capazes de contribuir no processo de desenvolvimento do país, afirmou quinta-feira, no município de Muconda, o ministro da Educação, Pinda Simão.

PINDA SIMÃO, MINISTRO DA EDUCAÇÃO (ARQUIVO) (Foto: Angop)
PINDA SIMÃO, MINISTRO DA EDUCAÇÃO (ARQUIVO) (Foto: Angop)

Pinda Simão fez este pronunciamento durante uma reunião com professores e directores de escolas da circunscrição, que serviu para esclarecer alguns aspectos ligados ao funcionamento do sector.

Pinda Simão defendeu a necessidade de os professores serem bons prestadores de serviço, com vista a se alcançar os objectivos preconizados pelo sector, que passam necessariamente pela melhoria da qualidade de ensino e da formação de quadros.

“Temos uma missão nobre, que é formar e educar a população angolana, razão pela qual os nossos professores devem superar o seu nível académico, por forma a corresponderem com os actuais desafios no domínio da educação”, referiu.

De acordo com Pinda Simão, os professores devem ser os promotores do desenvolvimento, do resgate dos valores morais, cívicos e culturais, por fazerem também parte da formação da personalidade do individuo e da moralização da sociedade.

Pinda Simão revelou que o país necessita de mais de 45 mil professores para cobrir os novos postos de trabalho que estão a ser criados no âmbito do alargamento da rede escolar e para substituir aqueles que por várias razões estão a sair no sistema.

Acrescentou que para a Lunda Sul são necessários mais de três mil docentes, tendo em conta o aumento do número de salas de aulas que se vão construindo e a consequente inserção de mais cidadãos no sistema normal de ensino e aprendizagem.

O ministro está na Lunda Sul para uma jornada de trabalho de quatro dias, no âmbito do programa de auscultação a aferição das condições de funcionabilidade do sector. (portalangop.co.ao) 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA