Líder dos golpistas de Burkina Faso está nas mãos das autoridades

(AFP)
(AFP)
(AFP)

O líder do golpe militar abortado no Burkina Faso, o general Gilbert Diendéré, entregou-se nesta quinta-feira às autoridades em Uagadugu, capital do país, indicou à AFP uma fonte da segurança.

Diendéré, que havia declarado que se colocaria à disposição da justiça, escondeu-se na terça-feira na casa do representante do Vaticano em Uagadugu, antes do exército cercar e atacar o quartel dos golpistas.

A residência do núncio do Vaticano está localizada perto deste quartel, no bairro Ouaga2000.

O general encontrava-se nesta quinta-feira em Camp Paspanga, quartel da polícia perto do centro da cidade.

Após a prisão na quarta-feira de seis oficiais golpistas, outro golpista, o tenente coronel Mamadou Bamba, se entregou nesta quinta.

Diendéré é um general muito próximo ao ex-presidente Blaise Compaoré, que governou o Burkina Faso durante 27 anos. Ele foi afastado do poder por uma revolta popular no ano passado.

Desde então, esse país africano viveu submetido a uma grande insegurança política.

A tentativa de golpe de Estado, em 17 de Setembro, fez cerca de dez mortos e mais de 100 feridos.

Cinco dias depois, em 23 de Setembro, devolveu o poder ao presidente Michel Kafando. (afp.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA