Kuduro perde diva Própria Lixa

(DR)
(DR)
(DR)

A cantora angolana Própria Lixa morreu esta segunda-feira, em Luanda, aos 30 anos de idade, vítima de doença.

Segundo fontes familiares, a artista, referencia do kuduro em Angola estava acometida de tuberculose óssea.

Autora de temas como “Sabaló”, Própria Lixa ganhou um espaço no mercado musical angolano, particularmente na vertente feminina, tendo sido ela a levar Titica ao mundo da música, incluindo a atribuição do nome “Titica”.

Stela Fraio Lima, de seu nome próprio, nasceu em 1985 na província de Luanda.

Com o seu álbum intitulado “Tremura”, a cantora brindou o público angolano com vários sucessos inéditos, a salientar: Sabaló (Tremura), Dança do Zongoló e Udam Udagadan.

Própria Lixa participou em vários espectáculos, esteve nos mesmos palcos em que pisaram artistas conceituados do panorama musical angolano, tais como Anselmo Ralph, Big Nelo, Noite e Dia, entre outros.

A cantora tem no mercado os discos “Babula é dela” e “Tremura”. (tpa.co.ao)

TPA com Angop/EB

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA