Igor Silva camisola amarela

Campeão nacional continua a evidenciar superioridade na primeira edição da Volta a Angola (Foto: Jornal dos Desportos)

O ciclista da equipa do Benfica de Luanda, Igor Silva venceu ontem, a segunda etapa da primeira edição da “Volta a Angola” em bicicleta, com 3h43 minutos, ao percorrer um percurso de 145 quilómetros do Huambo/Ganda (Benguela).

Campeão nacional continua a evidenciar superioridade na primeira edição da Volta a Angola (Foto: Jornal dos Desportos)
Campeão nacional continua a evidenciar superioridade na primeira edição da Volta a Angola
(Foto: Jornal dos Desportos)

O evento enquadrado nas comemorações dos 40 anos de Independência Nacional teve início na quarta-feira, na cidade do Cuito (Bié), com a participação de 85 ciclistas de África e da Europa.

Ainda ontem, os ciclistas fizeram o percurso Ganda/Benguela, 202 quilómetros de carro, para hoje, sexta -feira, realizarem a prova de contra relógio Benguela/Lobito.

A prova possui 13 equipas, nomeadamente Benfica de Luanda, Santos FC, Selecção Nacional esperança, hotel Luso, JAIR transportes e Nocebo/cuca, todas com oito ciclistas cada.Do estrangeiro participam Portugal, Moçambique, República Democrática do Congo, Cabo Verde, São Tomé e França.

Entretanto, os ciclistas estrangeiros participantes na I edição da “Volta Angola” em bicicleta saudaram a iniciativa, bem como o nível de organização e as condições técnicas apresentadas. O português, Victor José Araújo, considerou excelente a iniciativa do Estado Angolano em realizar essa prova, augurando que a mesma se repita todos os anos.

“Espero que se realize todos os anos para proporcionar diversão à população. Pelas localidades onde já passamos fomos bem recebidos e notamos que os cidadãos gostam desta modalidade”, disse.

Afirmou que a iniciativa indica que o país está virado para o desporto, uma forma de demonstrar também o nível de crescimento nos 40 anos de independência.A mesma opinião foi corroborada pelo ciclista da Republica Democrática do Congo, Evea Etun, para quem Angola possui óptimas condições climatéricas para a prática da modalidade.“Gostei do percurso Bié/Huambo por apresentar bons cenários para a prática do ciclismo. É  uma oportunidade para a modalidade conquistar mais aderentes”, afirmou.

A I edição da “Volta Angola em bicicleta” é uma iniciativa da Federação Angolana da modalidade, enquadrada nas comemorações do 40º aniversário da Independência Nacional, a assinalar-se a 11 de Novembro próximo.


GUSTAVO VELOSO
Espanhol melhor
do ano em Portugal

O espanhol Gustavo Veloso é o ciclista do ano em Portugal, anunciou na quarta-feira a Federação Portuguesa de Ciclismo (UVP-FPC), com a W52-Quinta da Lixa a ser considerada a melhor equipa de 2015. Veloso, vencedor da Volta a Portugal e que sucede a Edgar Pinto como vencedor deste prémio, lidera, no final da temporada, o ‘ranking’, com 1.104 pontos, mais 101 do que o espanhol Delio Fernández, seu colega na W52-Quinta da Lixa.

Na terceira posição surge o melhor português, Joni Brandão (Efafel), seguido de Amaro Antunes (LA Alumínios-Antarte) e Samuel Caldeira (W52-Quinta da Lixa). Além de ter cinco ciclistas no ‘top-5’, a equipa do Sobrado, Valongo, foi ainda considerada a melhor do pelotão nacional e teve em Hélder Oliveira o ‘équipier do ano’, uma eleição dos colegas de profissão. (jornaldosdesportos.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA