Huíla: Sector das águas realiza mais de 500 ligações domiciliares na Matala

Governo investe na melhoria da qualidade da água (Foto: Morais Silva)
Governo investe na melhoria da qualidade da água (Foto: Morais Silva)
Governo investe na melhoria da qualidade da água (Foto: Morais Silva)

Quinhentas e uma ligações domiciliares da rede de abastecimento de água potável foram realizadas nas três sedes comunais que compõe o município da Matala, província da Huíla, este ano, revelou, hoje, o chefe de secção de energia e águas, Barnabé Cândido.

O responsável informou que na comuna sede foram feitas 169 lidações domiciliares, na Castanheira de Pêra 63, na comuna de Capelongo 150, no sector de Algés 68, no de Camulemba 390 e na comuna do Mulondo 12, tendo sido igualmente erguidos 26 sistemas suportados por energia solar instalados em todas essas localidades.

Segundo Barnabé Cândido, noutras zonas rurais foram este ano construídas 40 chafarizes manuais, estando em fase conclusiva a reabilitação e expansão do sistema de abastecimento de água na sede municipal, esperando que até ao próximo ano sejam feitas mais de seis mil ligações.

Sublinhou que os beneficiários da água canalizada já começaram a pagar pelo consumo do líquido, apelando a necessidade de evitar o desperdício.

O município da Matala dista a 170 quilómetros a leste da cidade do Lubango e tem uma população estimada em 243 e 938 habitantes, ostentando uma rede herdada do tempo colonial no casco urbano, estando em curso actualmente a expansão da mesma para outras zonas. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA