Huíla: Reinaugurada missão e seminário propedêutico do Jau

Huíla: Missão do Jau (Foto: José Krithinas)
Huíla: Missão do Jau (Foto: José Krithinas)
Huíla: Missão do Jau (Foto: José Krithinas)

A missão e o seminário propedêutico da comuna do Jau, município da Chibia, Sul da Huíla, foram, no domingo, reinauguradas pelo governador da província da Huíla, João Marcelino Tyipingi.

As infra-estruturas vocacionadas à formação de padres e expansão do evangelho, foram reconstruídas no âmbito do Programa de Investimento Públicos (PIP) numa empreitada que consumiu 200 milhões de Kwanzas.

A obra obedeceu três fases, sendo que a primeira permitiu a substituição total da sua cobertura em telha, a segunda possibilitou a renovação de reboques, pavimentação e pintura ao passo que a terceira visou a aplicação de novas janelas e portas, calçada exterior e construção de tanques reservatórios de água.

A requalificação daquele imóvel religioso, executada por uma empresa chinesa, levou dois anos, sendo que permitiu reabilitar e apetrechar a igreja, salas de aulas, cozinha e refeitório, dois dormitórios, pátio, jardins, reitoria, biblioteca, secretaria, sala de visitas, área agrícola, assim como as residências para os professores.

Fundado em 1940, o seminário tem matriculado actualmente, 118 alunos que frequentam formação religiosa e académica de nível médio, nos dois períodos, sendo que desde 1975 já formou dois mil e 209 seminaristas, dos quais apenas 140 atingiram o sacerdócio.

As aulas são asseguradas por dez professores de diferentes disciplinas que contam com residências para o seu alijamento, naquela localidade situada a 15 quilómetros da vila sede e que possui 17 mil habitantes.

Ao falar em nome dos antigos seminarista da missão do Jau, o presidente da associação dos ex-estudantes daquela instituição (AESA), Armínio Simões, manifestou a satisfação do grupo, assim como elogiou o esforço do governo em devolver a dignidade àquele complexo que albergou muitos estudantes antes e depois da independência.

Presenciaram o acto, membros do governo, deputados, representantes de partidos políticos, autoridades tradicionais, ex-seminaristas, entidades eclesiásticas, fies, convidados e público em geral.

A Chibia situa-se a 4o quilómetros sul do Lubango e conta com uma população composta por 181 mil habitantes. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA