Huíla: Cidadão espanca esposa até a morte

Huila: Tomás Paiva - Porta Voz da Polícia (Foto: Paiva Kristhinas)
Huila: Tomás Paiva - Porta Voz da Polícia (Foto: Paiva Kristhinas)
Huila: Tomás Paiva – Porta Voz da Polícia (Foto: Paiva Kristhinas)

Um cidadão nacional de 42 anos de idade (Segunda Relógio) é suspeito de ter espancado a sua esposa até à morte, na localidade da Camana, município da Chibia, província da Huíla, por razões passionais.

A informação foi hoje, quinta-feira, revelada à Angop, no habitual balanço semanal, pelo porta-voz do Comando da Polícia Nacional, na Huíla superintendente-chefe Paiva Tomás, explicando que o suspeito já se encontra a contas com a justiça.

Paiva Tomás esclareceu que o homicídio aconteceu quando o cidadão (ébrio) alegadamento por ciúmes espancou a sua mulher (Mutali Viwemina, de 34 anos de idade) que não resistiu a agressão.

O oficial fez saber que este caso se destaca dentre os 78 crimes notificados nos últimos sete dias, menos 18 em relação a igual período anterior.

O Comando da Polícia Nacional na Huíla deteve, na última semana, 54 cidadãos acusados por diversos crimes. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA