Huíla: Administração do Lubango estuda novas medidas de recolha de lixo

Huíla: Postal de uma das vias da Cidade do Lubango (Foto: Morais Silva)
Huíla: Postal de uma das vias da Cidade do Lubango (Foto: Morais Silva)
Huíla: Postal de uma das vias da Cidade do Lubango (Foto: Morais Silva)

A Administração Municipal do Lubango está a fazer estudos para imprimir novas medidas para se acabar definitivamente com os grandes aglomerado de lixo nas ruas, no quadro da manutenção e higiene da cidade.

A informação foi prestada hoje, sexta-feira, à Angop, pelo director municipal do saneamento básico espaços verdes e cemitérios, Fábio António, que apontou o reforço e a capacidade de recolha de resíduos sólidos pelas operadoras, bem como da cultura da população em depositar o lixo nos horários estabelecidos.

Admitiu que as quatro operadoras contratadas para a recolha do lixo não estão a dar conta do recado, daí a necessidade de se imprimir uma nova dinâmica, buscando experiências para melhorar o serviço.

Em seu entender, a situação ainda deixa muito a desejar em alguns pontos da cidade do Lubango, pelo que preocupa em grande medida a administração local.

“Já identificados as causas do problema e notamos uma incapacidade por parte das empresas que algumas vezes não conseguem assumir as suas responsabilidades”, disse.

Segundo Fábio António tal dificuldade tem vindo a influenciar negativamente no equilíbrio do meio ambiente na cidade do Lubango, principalmente nesta época chuvosa, onde o lixo se junta com a água a todo lado.

A Administração do Lubango trabalha com quatro operadoras de recolha de resíduos sólidos. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA