Huambo: Livro sobre Cuba apresentado às FAA

(DR)
(DR)
(DR)

O nacionalista cubano Manuel Roja Garcia apresentou nesta sexta-feira, no quartel-general da Região Militar Centro, arredores da cidade do Huambo, o seu mais recente livro, intitulado “Cuba na guerra de Angola, um testemunho real de um coronel cubano que combateu na guerra civil em Angola entre 1986 a 1988”.

A apresentação destinou-se ao efectivo das Forças Armadas Angolanas (FAA) nesta região, tendo, na ocasião, o autor afirmado que o objectivo da obra é tornar conhecido o conflito armado que, ao longo de quase 30 anos, assolou o país.

Afirmou que as 335 páginas deste livro permitem moldar o comportamento dos angolanos, sobretudo os jovens, através do conhecimento da sua própria história, desde a conquista da independência, em 1975, até ao alcance da paz efectiva, em 2002.

O chefe do estado-maior general da Região Militar Centro, brigadeiro Francisco Mussuia Wiliam, referiu que, para os militares, a obra representa um suporte propício para estudarem e conhecerem a história intensamente.

“É estudando a história que podemos compreender o que se passou e nos guiarmos para desenharmos um futuro melhor, pois os conflitos têm sempre as mesmas origens”, frisou.

Disse que os testemunhos contidos neste livro trazem, de pessoas que participaram na guerra civil em Angola, o conhecimento e uma visão mais global do conjunto daquilo que se passou, para se poder transmitir a história do país sobre as bases mais credíveis.

Manuel Rojas Garcia é licenciado em ciências políticas e jurídicas na Universidade de Havana (Cuba), mestre em ciências militares na academia superior de aviação de Moscovo, Rússia. Escreveu o seu primeiro livro intitulado “Prisioneiros da UNITA – nas terras do fim do mundo”, no ano de 2013.

Fez parte do primeiro grupo de tropas revolucionárias cubanas que combateu ao lado das extintas FAPLA na defesa da integridade territorial angolana, tendo sido capturado pelas tropas da UNITA, depois de terem alvejado o mig que pilotava. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA