Havard seleciona projeto de games criado por aluno da rede estadual

HARVARD CHEATING CHANGES
HARVARD CHEATING CHANGES
HARVARD CHEATING CHANGES

Estudante está entre os 15 jovens selecionados em todo o Brasil

Ainda no Ensino Médio, Davi Queiroz Rodrigues acaba de dar o primeiro passo da carreira. Aluno da E.E. Altina Moraes Sampaio, em Araçatuba, o jovem é um dos 15 selecionados no Brasil para o projeto de mentoria online da Universidade de Harvard, nos EUA. Durante 12 meses, Davi participará de oficinas e especialistas da instituição darão orientações em seu projeto de desenvolvimento de games.
Ao lado de quatro outros alunos da unidade de tempo integral, Davi é autor do “Altina”. O jogo virtual leva o mesmo nome da escola porque foi criado na sala de informática e utiliza a planta do prédio como cenário da aventura. A invenção rendeu ao grupo um convite para a feira no Centro Universitário Católico Salesiano Auxilium.
 A proposta do programa de monitoria Brasilitas, liderado por estudantes brasileiros que já estudam em Harvard, é encontrar jovens inovadores das redes públicas. Os selecionados – do 9º ano do Ensino Fundamental à 2ª série do Médio – receberão dicas acadêmicas e profissionais.
“Nas escolas de tempo integral os alunos são incentivados desde a primeira semana de aula a traçar o seu projeto de vida. O do Davi é programar games. A experiência com os estudantes de Harvard vai ampliar esse horizonte e também pode contribuir no aprendizado de outros jovens da escola”, explica Sueli Bonfietti, dirigente de ensino de Araçatuba.  (saopauloglobal.sp.gov.br)
 
Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA