Grécia: Migrantes de tragédia em tragédia

(Euronews)
(Euronews)
(Euronews)

Pelo menos 22 migrantes, incluindo 13 crianças, morreram afogados na madrugada desta sexta-feira perto das ilhas gregas de Kalymnos e Rodes, em dois novos naufrágios de embarcações procedentes da Turquia.

A tragédia é a mais recente de uma série de naufrágios, ocorridos nos dois útlimos dias e que deixou 17 mortos, incluindo 11 crianças.

As críticas dos voluntários da Frontex que trabalham nas ilhas explodiram nas redes sociais, com acusações de falta de ação das patrulhas para salvar vidas.

Desde o início do ano, 560.000 migrantes e refugiados chegaram à Grécia pelo mar, segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Mais de 3.200 pessoas morreram durante as viagens, segundo a OIM das quais 70 crianças.

Na quinta-feira, o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) manifestou preocupação e destacou que o agravamento das condições meteorológicas piora a situação dos migrantes. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA