Governo de SP lança programa de apoio às exportações paulistas

Governador assina convênios da SP EXPORT
Governador assina convênios da SP EXPORT
Governador assina convênios da SP EXPORT

SP Export visa ajudar empresas a encontrarem mercados estrangeiros.

Com o objetivo de aumentar o volume de exportações no Estado de São Paulo, o governador Geraldo Alckmin assinou nesta terça-feira (6), no Palácio dos Bandeirantes, o Programa Paulista de Apoio às Exportações, o SP Export.

A iniciativa é uma parceria da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SDECTI), por meio da Agência Investe São Paulo com o Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), para inserção do Estado no Plano Nacional de Cultura Exportadora (PNCE).

Outro convênio firmado foi com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), de apoio ao Programa.

“Vejo que a exportação, ao lado da infraestrutura e logística, é o que mais rapidamente pode ajudar a segurar e a gerar novos empregos no Brasil”, disse o governador Geraldo Alckmin.

O SP Export busca incentivar a cultura de exportação no meio empresarial e ajudar as empresas paulistas a encontrarem mercados estrangeiros para seus produtos e serviços. Além disso, a iniciativa facilita a vinda de compradores internacionais para conhecerem o mercado paulista.

Segundo o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Márcio França, a exportação movimenta a economia paulista, gera empregos e incentiva a inovação. “Nesse momento que o país atravessa, a exportação deve ser foco dos nossos esforços para alavancar a indústria, a agropecuária e o setor de serviços”, ressaltou.

Ações do SP Export
Serão realizados seminários em diversas regiões do Estado em parcerias com associações comerciais, entidades setoriais, prefeituras e outras instituições para mostrar a importância da cultura exportadora.

Também serão capacitadas as empresas para ingressarem no mercado internacional, visando o aumento das exportações das empresas paulistas que já exportam ou àquelas que têm a intenção de conquistar mercados no exterior. Estas serão atendidas pelo Programa.

O projeto contemplará ainda a criação de uma plataforma on-line com conteúdo informativo para ajudar o empreendedor a internacionalizar seus produtos e serviços, além da promoção de missões internacionais com empresários paulistas e participações em feiras e eventos fora do Brasil.

A meta é realizar 10 mil atendimentos até 2017, tanto em seminários quanto em consultorias direcionadas. (sp.gov.br)

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA