Futebol: Golo solitário de Fabrício leva Benfica ao triunfo sobre Kabuscorp

Clubes » Kabuscorp do Palanca (D.R)

Golo solitário de Fabrício, aos 40 minutos, foi suficiente para o Benfica de Luanda superar o Kabuscorp do Palanca, por 1-0, em jogo de antecipação da última jornada (30ª) do Campeonato Nacional de futebol da primeira divisão (Girabola2015), disputado sexta-feira, no Estádio dos Coqueiros, na capital do país.

Clubes » Kabuscorp do Palanca (D.R)
Clubes » Kabuscorp do Palanca (D.R)

Num desafio pautado pelo equilíbrio, com este tento na sequência de desvio de cabeça de um cruzamento de Bena, a equipa do treinador Zeca Amaral, termina em terceiro lugar da prova.

Desde o inicio com alguma intenção, aos 10 minutos, Bena, bem posicionado em plena área, deixa-se desarmar por um defesa do Kabuscorp. Em resposta, Fukiamuana cruza com algum perigo para o reduto do Benfica.

Transcorridos 20 minutos, o guarda-redes Mário, do Kabuscorp, choca com um avançado contrário, que obriga a intervenção do corpo médico da sua formação, por cerca de seis minutos. No retorno, Fabrício é incapaz de dar sentido certo ao esférico e o guardião Hugo rende o lesionado Mário, na baliza dos palanquinos, aos 38 minutos.

Meda remata forte para a baliza do Benfica e em função da maior pressão, os encarnados inauguram o marcador, num cabeceamento de belo efeito do atacante Fabrício, que aproveita da melhor forma a desatenção dos opositores.

Ainda, Bena obriga a uma defesa arrojada ao guarda-redes do Kabuscorp, e nesta toada, a partida chega ao intervalo, com a vantagem mínima para o conjunto das águias, sobre o do técnico Miller Gomes.

No reatamento, Meyong é empurrado em plena área adversária, mas o árbitro Mauro de Oliveira deixa continuar a jogada, muito reclamada pelo banco e adeptos do Kabuscorp, que pediam por penalte.

Aos 70 minutos, o jogador Fundo substitui o defensor Borges, no Kabuscorp, e Diakite ao Savane, no Benfica. Ainda Panilson é trocado por Faustino, nos palanquinos, Bena e Osório dão os seus lugares a Lírio e Miguel, do lado oposto.

Já na fase derradeira, Lami é obstruído na área do Benfica, sem a intervenção do juiz, que castiga o avançado por simulação, e Meyong, por pouco, visava a baliza do guarda-redes Elber.

Com este resultado, na classificação final, os benfiquistas chegaram aos 53 pontos, inatingíveis por qualquer dos concorrentes, que hoje disputam em simultâneo a última ronda. O Kabuscorp ficou com o quarto lugar com 48 pontos.

O título desta edição da principal prova do futebol de Angola será encontrado hoje em função dos desfechos dos encontros Académica do Lobito-Recreativo do Libolo e 1º de Agosto-Recreativo da Caála.

Os liboolenses somam 59 pontos e os agostinos menos dois, nas duas primeiras posições do campeonato. Por isso, a conjugação de resultados destes dois confrontos ditará o campeão nacional. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA