França, Ucrânia, Rússia e Alemanha debatem conflito no leste ucraniano

(Euronews)
(Euronews)
(Euronews)

O presidente francês abriu, esta sexta-feira, as portas do Eliseu à Rússia, Ucrânia e Alemanha. Os quatro países debatem a situação na Ucrânia, analisando uma proposta de Kiev, que concede às regiões pró-russas um estatuto especial. O conflito na Síria é outro dos temas em cima da mesa.

“Vladimir Putin chegou antes ao Eliseu para falar com François Hollande sobre os ataques russos na Síria. Ao prometer lutar contra o ISIS, o presidente russo espera, porventura, um acordo melhor em relação à Ucrânia, particularmente um alívio das sanções económicas impostas à Rússia pela anexação da Crimeia”, disse o jornalista da euronews Andrei Beketov, que está a acompanhar a reunião.

Mas o analista político Philippe de Lara não acredita que Kiev consiga muito com a proposta: “Na Ucrânia, a Rússia ocupa, na verdade, uma certa posição de força. Neste sentido, não vemos como é que a Ucrânia poderá recuperar o que quer que seja pela força ou negociação. Não vemos como é que os combates em Donbass possam acabar, mas isto não é uma vitória”.

O conflito ucraniano isolou a Rússia, acusada de enviar soldados e armas para apoiar os rebeldes em Donbass e punida com fortes sanções ocidentais. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA