Femi Asu vence Prémio de Economia e Negócios Ecobank dos Prémios de Jornalismo Africano CNN MultiChoice 2015

O Diretor de Comunicações Corporativas do Grupo Ecobank, Richard Uku, entregou o prémio ao Sr. Asu numa cerimónia de gala que assinalou o 20.º aniversário dos Prémios de Jornalismo Africano CNN MultiChoice, no Centro Internacional de Convenções de Kenyatta, em Nairobi, Quénia, no último sábado. (Foto: D.R.)
O Diretor de Comunicações Corporativas do Grupo Ecobank, Richard Uku, entregou o prémio ao Sr. Asu numa cerimónia de gala que assinalou o 20.º aniversário dos Prémios de Jornalismo Africano CNN MultiChoice, no Centro Internacional de Convenções de Kenyatta, em Nairobi, Quénia, no último sábado. (Foto: D.R.)
O Diretor de Comunicações Corporativas do Grupo Ecobank, Richard Uku, entregou o prémio ao Sr. Asu numa cerimónia de gala que assinalou o 20.º aniversário dos Prémios de Jornalismo Africano CNN MultiChoice, no Centro Internacional de Convenções de Kenyatta, em Nairobi, Quénia, no último sábado.
(Foto: D.R.)

Femi Asu do jornal nigeriano Punch é o vencedor do Prémio de Economia e Negócios Ecobank dos Prémios de Jornalismo Africano CNN MultiChoice 2015.

O Diretor de Comunicações Corporativas do Grupo Ecobank, Richard Uku, entregou o prémio ao Sr. Asu numa cerimónia de gala que assinalou o 20.º aniversário dos Prémios de Jornalismo Africano CNN MultiChoice, no Centro Internacional de Convenções de Kenyatta, em Nairobi, Quénia, no último sábado.

Richard Uku afirmou: “O Prémio de Economia e Negócios Ecobank reconhece a excelência da reportagem jornalística neste importante campo, e estamos muito satisfeitos por entregar o prémio a Femi Asu, pelo talento que evidenciou. O Ecobank tem o prazer de ser um parceiro de longa data da CNN e da MultiChoice na promoção da excelência do jornalismo africano.”

Na sua história vencedora, pequenas empresas em agonia à medida que o fornecimento de energia se degrada (Small businesses in death throes as power supply worsens), Femi Asu relata a dificuldade com que muitos empresários nigerianos se defrontam e expõe um problema relevante para os que lutam pelo desenvolvimento das suas empresas. Explica como as elevadas despesas associadas à eletricidade, conjugadas com o agravamento da energia da rede nacional, absorvem os lucros. Mostra como muitos jovens nigerianos, cujos projetos poderiam criar emprego para outras pessoas e cujo sucesso é fundamental para o crescimento da economia, são aniquilados por custos proibitivos e estão a abandonar os negócios.

O painel de jurados, que selecionou esta candidatura entre muitas outras, abrangendo 39 nações de todo continente africano, referiu que “esta é uma história sobre como a falta de fornecimento estável de eletricidade prejudica as pequenas empresas na Nigéria. Femi Asu focou a sua atenção numa questão que não é exclusiva da Nigéria, pois é comum a muitos países africanos. Com exemplos minuciosos, o autor demonstra como as empresas são gravemente afetadas, incluindo, em alguns casos, o encerramento, com enormes consequências para o desenvolvimento económico do país. A peça está bem escrita, com o leitor a ser levado por uma viagem que ilustra o problema com pessoas e empresas concretas afetadas. Excelente investigação.”

Ao comentar este resultado, Femi Asu referiu: “Estou muito satisfeito por receber o Prémio de Economia e Negócios do Ecobank, dos Prémios de Jornalismo Africano CNN MultiChoice. Isso significa muito para mim, e aprecio o esforço do Ecobank no sentido de valorizar o jornalismo de negócios em África patrocinando a categoria deste prémio.”

Os Prémios de Jornalismo Africano CNN MultiChoice mudam de local todos os anos como tributo às suas credenciais pan-africanas. O Ecobank apoia os prémios como patrocinador empresarial desde 2008.

Sobre o Ecobank 
Constituído em Lomé́, Togo, o Ecobank Transnational Incorporated (‘ETI’)   é a sociedade mãe do importante grupo bancário pan-africano independente, Ecobank. Está atualmente presente em 36 países africanos, nomeadamente: Angola, Benim, Burquina-Faso, Burundi, Camarões, Cabo Verde, República Centro Africana, Chade, Congo (Brazzaville), Congo (República Democrática), Costa do Marfim, Guiné Equatorial, Etiópia, Gabão, Gâmbia, Gana, Guiné, Guiné-Bissau, Quénia, Libéria, Maláui, Mali, Moçambique, Níger, Nigéria, Ruanda, São Tomé e Príncipe, Senegal, Serra Leoa, África do Sul, Sudão do Sul, Tanzânia, Togo, Uganda, Zâmbia e Zimbábue. O Grupo emprega mais de 20.000 pessoas em 40 países diferentes em mais de 1.200 sucursais e escritórios. O Ecobank é um banco de serviço integral que presta serviços e fornece produtos de banca grossista, de retalho, de investimento e transações a entidades governamentais, instituições financeiras, multinacionais, organizações internacionais, micro, pequenas e médias empresas e particulares. Podem ser encontradas outras informações adicionais sobre o Ecobank. (African Press Organization)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA