Expo-Trans destaca investimentos na aviação civil

(Foto: D.R.)

fildaA 5ª edição da Feira dos Transportes (Expo-Trans-2015) acontece na segunda quinzena do mês de Novembro, em Luanda, com atenções voltadas para a aviação civil. Empresas estatais e privadas vão estar presentes no evento que decorrera na Filda

Os preparativos para a próxima edição da Expo- Trans já começaram. Para o êxito do evento que visa mostrar as potencialidades dos transportes e as oportunidades de negócio estão mobilizadas as empresas do sector.

De acordo com informação prestada pelo Director do Centro de Documentação e Informação do Ministério dos Transportes, Luís Paulo, este ano a Expo-Trans que vai já na sua 5ª edição vai reservar particular atenção ao sector da aviação civil. Já organizamos feiras viradas aos sectores dos transportes terrestres, marítimo e ferroviário. E agora chegou o momento de dicarmos particular atenção a aviação civil”, explicou, ressalvando que outros dados organizativos serão divulgados nos próximos dias.

A reabilitação e apetrecho com material de comunicação e ajuda a navegação para os aeroportos, nomeadamente, de Luanda, Catumbela (Benguela), Lubango (Huíla, Namibe, Ondjiva (Cunene), Menongue (Cuando Cubango), Huambo, Cabinda e Uíge constam das principais infraestruturas que visam a modernização do sector, como observa Luís Paulo, do Ministério dos Transportes.

Além da ENANA, a TAAG é outra empresa do sector da aviação civil que estará em destaque na 5ª edição da feira dos transportes. De acordo com o oficial de informação da TAAG, Carlos Vicente, a companhia vai montar um simulador, assim como promover os serviços prestados pela empresa.

“Vamos procurar estar melhor nesta edição da Expo-trans, pois é dedicada ao subsector da aviação civil”, disse.

Para que tudo corra dentro do previsto, o Ministro dos Transportes criou, através de um Despacho, uma comissão multissectorial, liderada pelo Secretário de Estado para a Aviação Civil, Mário Domingues, e integrada pelos quadros e técnicos de todas as empresas tuteladas pelo Ministério dos Transportes.

Empresas do sector em peso

Com três empresas, o subsector da Aviação Civil estará presente através da ENANA, empresa gestora dos aeroportos nacionais, da TAAG e do INAVIC, autoridade regulador do referido subsector.

No subsetor marítimo e portuário, vão estar presentes os Portos de Luanda (o maior do país), do Lobito, do Namibe, de Cabinda, de Porto Amboím, do Soyo, a Secil Marítima e o Instituto Marítimo e Portuário de Angola.

Os Caminhos-de-ferro de Luanda, de Moçâmedes e de Benguela vão igualmente marcar presença, expondo os seus serviços e atraindo parceiros para o transporte de carga.

UNICARGAS, TCUL e ABAMAT são outras empresas do sector que vão marcar presença na Expo-Trans 2015. (semanarioeconomico)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA