Especialista considera satisfatório evolução da internet no país

Especialista destaca uso da internet no país (Foto: Luanda)
Especialista destaca uso da internet no país (Foto: Luanda)
Especialista destaca uso da internet no país (Foto: Luanda)

O engenheiro informático Luís Francisco Alexandre, afirmou hoje, sexta-feira, em Luanda, que o uso da internet em Angola tem registado uma evolução nos últimos anos, com a instalação, em 2002, da rede de fibra óptica no país.

Em declarações à Angop, sobre os problemas e progresso da internet em Angola, referiu que o projecto de fibra óptica permitiu a oferta de serviços de tecnologia de informação com maior rapidez, eficiência e qualidade às populações do país.

Considerou que a implantação do cabo de fibra óptica em banda larga, numa iniciativa do Ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, tem permitido oferecer vários serviços de voz, dados, imagens, entre outros, a toda população, instituições estatais e privadas.

“É importante reconhecer-mos que este projecto de grande dimensão, absorve investimentos avultados concorridos com enormes benefícios para o país”, disse.

No inicio de Julho deste ano, segundo dados do Ministério da Ciência e Tecnologia, a operadora da telefonia móvel (Movicel) e o Facebook apresentaram a aplicação da internet grátis, denominado “Internet.org”, uma iniciativa liderada pelo Facebook que junta os líderes de tecnologia com as comunidades locais e iniciativas não lucrativas, para ajudar as pessoas, que ainda não têm acesso à internet a descobrir o valor da conectividade.

O aplicativo Internet.org, de acordo com os mesmos dados, oferece acesso gratuito a um conjunto de conteúdos úteis como informações de saúde, notícias, pesquisas, emprego, prognósticos meteorológicos, mensa­gens e Facebook.

Através do lançamento da In­ternet.org, a Movicel, em parceria com o Facebook, pretende fazer chegar a internet a todos os angolanos e permitir o acesso à informação e ao conhecimento. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA