Em memória dos jornalistas assassinados no México (vídeo)

(Euronews)
(Euronews)
(Euronews)

Em memória dos jornalistas mexicanos assassinados entre 2005 e 2015, o Museu da Memória e da Tolerância inaugurou um monumento que vai fazer parte das celebrações do dia de finados a 1 e 2 de novembro.

De acordo com o Comité de Proteção de Jornalistas, o México é sétimo país do mundo que mais viu repórteres serem assassinados desde 1992 – 32 repórteres mortos. (euronews.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA