Distinguidos no Namibe estudantes vencedores da Olimpíadas de Matemática

Estudantes vencedores da 6ª edição das Olimpíadas de Matemática (Foto: Frederico Herculano)
Estudantes vencedores da 6ª edição das Olimpíadas de Matemática (Foto: Frederico Herculano)
Estudantes vencedores da 6ª edição das Olimpíadas de Matemática (Foto: Frederico Herculano)

O estudante da 11ª classe da província de Luanda, Mauro Luco, venceu a 6ª edição do concurso Olimpíadas de Matemática, com 18 valores.

O estudante levou como prémio uma medalha de ouro, computador portátil, uma placa da internet, vários livros ligados as ciências sociais e literatura, dicionário, uma impressora e um diploma.

Para o segundo e terceiro lugar ficaram as estudantes Saldanha Agostinho, de Malanje, com 14 valores, e Francisco Camati, do Moxico, com 12 valores, ambos da 11ª classe. Como prémios levaram computador portátil, vários livros, placa da internet e diploma, cada um.

Para a 9ª classe, a estudante Samara de Jesus, também da província de Luanda, venceu o concurso com 15 valores, seguida de Estevilna Gomes, do Namibe, com 14 valores, e Paula Mateus, da Lunda Sul, com uma pontuação de 11 valores.

Na área do ensino primário, 6ª classe, a província de Luanda conseguiu mais uma vez vencer esta edição, tendo Chela Ângela Torres pontualizado 16 valores, em segundo lugar Flora Stela, do Namibe, com 14 valores, e em terceiro cCndido Pereira, do Huambo, com 12 valores.

Estes concorrentes também receberam os mesmos prémios que os da 9ª classe.

O presidente do júri, Kunje Talacano, disse que a fase final das Olimpíadas de Matemática contou com a participação de 21 alunos, sete de cada classe.

A prova foi feita com cinco exercícios, cabendo a cada um a pontuação de cinco valores.

Os alunos foram selecionadas a partir da pré-olimpiada realizada em Julho de 2015 em todas às províncias, excepto a do Cuando Cubango. A província anfitriã selecionou um candidato para cada classe.

Estiveram representada na competição nove províncias, nomeadamente Bengo, Cuanza Sul, Huambo, Luanda, Lunda Norte, Lunda Sul, Malanje, Moxico e Namibe.

Afirmou inda que a prova contou com uma equipa da comissão organizadora, incluindo inspectores locais, que fizeram parte de supervisionamento. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA