Dhlakama reaparece

Afonso Dhlakama (VOA)
Afonso Dhlakama (VOA)
Afonso Dhlakama (VOA)

O presidente da Renamo apareceu hoje a um grupo de observadores nacionais, personalidades, embaixadores e jornalistas em parte incerta na província de Manica.

“Eu já morri. Não tenho medo de morrer. Tudo o que faço é por este povo pé descalço”, foram as primeiras palavras de Afonso Dhlakama, citado pelo Canal Moz.

O grupo convidado para encontrar-se com Dhlakama era integrado também por cerca de duas dezenas de jornalistas.

Desde segunda-feira, estava a ser montada a logística para a deslocação a “parte incerta”, como informou a Renamo aos convidados.

Afonso Dhlakama não era visto desde 25 de Setembro, quando a caravana em que seguia foi atacada, tendo resultado na morte de 23 guarda-costas e um civil.

O líder da Renamo encontrava-se algures no distrito de Gondola. (voa.com)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA