Defendida harmonização das taxas económicas na SADC

Gualberto Campos (Foto: ANGOP)
Gualberto Campos (Foto: ANGOP)
Gualberto Campos (Foto: ANGOP)

O vice-governador do Banco Nacional de Angola, Gualberto Lima Campos, defendeu hoje, quarta-feira, em Luanda, a necessidade de uma harmonização das taxas das economias na Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC).

De acorda com Gualberto Lima Campos, que falava na reunião técnica que visa discutir e preparar os documentos a serem abordados no encontro com os governadores de bancos, a realizar-se no próximo dia 30, é importante a aceleração do movimento de integração da SADC.

Segundo o vice-governador, a Comunidade de Desenvolvimento da África Austral tem realizado acções de cooperação para o progresso do continente.

As reuniões vão centrar-se, sobretudo, nas áreas de política monetária, supervisão bancária, mercados monetários e de capitais e relações financeiras internacionais.

Completa o quadro de discussões, o sistemas de pagamento, compensação e liquidação, formação, sistemas de informação e branqueamentos de capitais.

O Comité dos Governadores dos Bancos Centrais da SADC (CCGB) reúne-se duas vezes por ano, sendo a primeira em Abril e a segunda em Setembro.

A presidência permanente do Comité é assegurada pelo Governador do Reserve Bank da África do Sul (SARB).

O CCGB foi criado em 1995. A sua criação obedeceu para a necessidade de uma estrutura especializada na promoção e no alcance de uma estreita cooperação entre os bancos centrais da África Austral. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA