Damasco e Moscovo avançam com operação coordenada contra alvos rebeldes na Síria (vídeo)

(Euronews)
(Euronews)
(Euronews)

Está em marcha uma operação militar contra posições rebeldes no norte e oeste da Síria. Por terra, o exército sírio conta com o apoio do Hezbollah. Por ar, com o da aviação russa.

Moscovo garante que na mira dos ataques estão grupos radicais, entre eles o autodenominado Estado Islâmico. As declarações não convencem os Estados Unidos que já fecharam a porta a uma eventual cooperação militar com a Rússia na Síria. O secretário da Defesa norte-americano, Ashton Carter, justifica a posição com a estratégia russa no país que classifica de “errada.”

Certo, é que Moscovo quer mudar a imagem de que está na Síria para ajudar Bashar Al-Assad a derrotar a oposição e as mensagens difundidas na televisão estatal russa dão conta disso mesmo. Uma das mais recentes informa que quatro navios russos no Mar Cáspio lançaram vários ataques com mísseis cruzeiro contra alvos do Estado Islâmico. (euronews.com)

por Lurdes Duro Pereira | Com AFP, REUTERS

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA