Cunene: Soba grande encoraja angolanos a orgulhar-se dos ganhos da independência

Venâncio Kaindume-Soba Grande da comuna de Ondjiva (Foto: José Cachiva)
Venâncio Kaindume-Soba Grande da comuna de Ondjiva (Foto: José Cachiva)
Venâncio Kaindume-Soba Grande da comuna de Ondjiva (Foto: José Cachiva)

O soba grande da comuna de Ondjiva, província do Cunene, Venâncio Kaindume, encorajou hoje, quarta-feira, em Ondjiva, os angolanos a valorizarem e cada vez mais orgulharem-se dos ganhos da Independência Nacional, alcançada a 11 de Novembro de 1975.

Ao falar à Angop, no decurso de uma visita realizada ao sóbado por trabalhadores da delegação provincial da Agência Angola-Press (Angop), no âmbito dos festejos dos 40 anos deste órgão de informação, assinalar-se a 30 deste mês.o responsável disse que, a independência de Angola foi adquirida com muito sofrimento e coragem dos angolanos, daí que todos, independentemente das suas opções religiosas e política devem se rever neste nobre acto, que deu a oportunidade aos próprios angolanos de dirigirem os destinos de Angola.

O soba grande de Ondjiva disse que neste momento, a entrega e dedicação de todos angolanos é que importa, construindo um país mais acolhedor e desenvolvido.

O ancião de 70 anos de idade afirmou que, no período colonial a situação era difícil, volvidos 40 anos, há mas escolas, estradas, hospitais, energia e água, até mesmo nas zonas recônditas do país, um facto inquestionável, apesar de que há ainda muito por se fazer, precisou o soba.

O titular da autoridade tradicional na comuna de Ondjiva advertiu que, não se deve negar o progresso alcançado quer com a independência quer com paz, é necessário levar a informação correcta à população e cultivar na juventude o espírito patriótico que norteou os filhos desta Angola para a conquista destes dois grandes feitos.

A Independência Nacional, alcançada em 1975, foi proclamada pelo primeiro Presidente, António Agostinho Neto. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA