Cunene: OMA enaltece papel da mulher rural na sustentabilidade das famílias

secretaria da OMA no Cunene (Foto: Angop/Arquivo)
secretaria da OMA no Cunene (Foto: Angop/Arquivo)
secretaria da OMA no Cunene (Foto: Angop/Arquivo)

A secretária provincial da Organização da Mulher Angolana na província do Cunene, Madalena Ndafuluma, enalteceu hoje, terça-feira, em Ondjiva, o papel desempenhado pelas mulheres rurais em prol das suas famílias.

Em declarações à Angop, a propósito da jornada do Dia Internacional da Mulher Rural, a assinalar-se a 15 de Outubro, Mmadalena Ndafuluma disse que a mulher continua a desempenhar o seu papel como mãe, trabalhadora, chefes de família e educadora e a participar de forma activa e directa em todos os sectores da esfera social.

De acordo com a secretária, uma das grandes contribuições da mulher rural acontece principalmente em relação à agricultura familiar, pois que, a exemplo do Cunene, esse tipo de agricultura é responsável por produzir mais de 70 por cento dos alimentos consumidos.

“A mulher rural é o símbolo vivo dos costumes, tradições e conhecimentos, que através dela são transmitidos aos mais novos, sendo o garante primordial da cultura e da identidade do nosso povo,”enfatizou.

Aconselha as mulheres rurais a formarem-se, inscrevendo-se nos cursos profissionais disponíveis nos centros de formação profissional, para que possam contribuir no desenvolvimento do país.

A data comemorativa foi estabelecida na quarta Conferência Mundial das Nações Unidas sobre a Mulher realizada em Pequim, em 1995, de modo a destacar a importância das mulheres rurais na Agricultura, na Segurança Alimentar e no Desenvolvimento da Zona Rural do mundo inteiro. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA