Cuanza Sul: Sobem preços dos produtos nos mercados informais no Sumbe

Mercado Informal (Foto: Angop)
Mercado Informal (Foto: Angop)
Mercado Informal (Foto: Angop)

A subida regular dos preços praticados nos armazéns retalhistas na cidade do Sumbe, província do Cuanza Sul, está a se reflectir no custo dos produtos comprados pelo consumidor final nos mercados paralelos da região.

Entre os principais produtos, o registo de aumento incide mais para os bens de primeira necessidade, entre os quais o óleo vegetal, açúcar, arroz e a massa alimentar.

Numa ronda para constatar a subida dos preços, a Angop verificou que o litro de óleo vegetal está a 300 kwanzas (Akz), contra os anteriores 200 (Akz), o açúcar de Akz 100 passou para Akz 200.

Outras diferenças constatadas estão nos preços do arroz que de Akz 100 passou para Akz 200, a barra de sabão de Akz 250 a Akz 500 e a massa alimentar de 75 para 150 kwanzas.

Na base da oscilação dos preços está a flutuação do valor do dólar norte-americano face ao kwanza, afirma Maria Celestina, uma vendedora.

A situação está a complicar a minha condição financeira e em consequência a gestão do lar, disse Maria Celestina

Para outra vendedora, Francisca Marta, de momento a situação parece calma, mais há um mês que os preços de vários produtos continuam a subir”

Joana Ventura, também vendedora, defendeu a necessidade dos bancos comerciais aumentarem o volume de vendas de dólar aos importadores para que os preços das mercadorias baixem.

Considera ser desta forma que o consumidor final vai sentir menos a alta de preços. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA