Cuanza Norte: Governador felicita funcionários da Rádio Nacional

Henrique Júnior- governador da província do Cuanza Norte (Foto: Lucas Leitão)
Henrique Júnior- governador da província do Cuanza Norte (Foto: Lucas Leitão)
Henrique Júnior- governador da província do Cuanza Norte (Foto: Lucas Leitão)

O governador provincial do Cuanza Norte Henrique André Júnior, felicitou em Ndalatando os funcionários da emissora local da Rádio Nacional de Angola (RNA) pela passagem de mais um aniversário assinalado nesta segunda-feira.

Numa mensagem de felicitações enviada à Angop, o governador reconheceu o trabalho desenvolvido pelos profissionais desta estação radiofônica na região, contribuindo deste modo para o desenvolvimento da província.

Na mensagem, Henrique Júnior lembrou que tem sido através das antenas da Rádio Nacional de Angola que são difundidos acontecimentos marcantes como a mobilização dos angolanos para a unidade nacional, o combate contra o tribalismo, regionalismo, analfabetismo, entre outros.

Acrescentou que neste momento particularmente difícil, gerado pela a actual crise económica, a RNA é mais uma vez chamada para a mobilização da nação, em torno da diversificação da economia, mobilizando as atenções de todos para os sectores da agricultura, indústria, prestação de serviços e empreendedorismo visando a massificação de resultados, por uma economia capaz de acomodar as necessidades de toda a população.

“Em meu nome e da população da província do Cuanza Norte desejamos aos profissionais da RNA as merecidas felicitações e que prossigam com firmeza vinculados aos objectivos da empresa, que é, na verdade, de todos os angolanos”, lê-se na mensagem.

A nota acrescenta ainda que a província orgulha-se do trabalho desenvolvido por estes profissionais que todos os dias marcam presença na grelha nacional difundindo informações que têm a ver com os factos que acontecem nesta região, nos mais variados domínios.

O governador faz votos de que a RNA continue a manter os angolanos unidos à liderança e ao rumo traçado para o país, em prol do desenvolvimento sustentável da nação. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA