Cronologia dos principais acontecimentos nos 40 anos da independência nacional

Sede das Nações Unidas em Nova Iorque foi palco de muitas negociações (arq.) (Foto: Pedro Parente)
Sede das Nações Unidas em Nova Iorque foi palco de muitas negociações (arq.) (Foto: Pedro Parente)
Sede das Nações Unidas em Nova Iorque foi palco de muitas negociações (arq.) (Foto: Pedro Parente)

A Angop divulga, no âmbito dos 40 anos da independência nacional, a cronologia dos principais acontecimentos registados entre Janeiro e Agosto de 1997.

997

ANGOLA 40 ANOS

10 Jan – A ONU outorga, na cidade do Huambo, medalhas de mérito a vinte “capacetes azuis” brasileiros ao serviço da UNAVEM-II, que terminaram a sua missão em Angola e regressam ao Brasil a 24 desse mês.

07 Abr – O Conselho da República, órgão político de consulta do Chefe de Estado, José Eduardo dos Santos, debruça-se, na sua reunião extraordinária, sobre a formação do GURN.

10 Abr – O Presidente da República, José Eduardo dos Santos, nomeia, por decreto presidencial, os membros do GURN, que tem em França Van-Dúnem o seu primeiro-ministro.

11 Abr – É empossado, em Luanda, o GURN, com França Van-Dúnem como primeiro-ministro, e composto por 28 ministros, 55 vice-ministro e um secretário de Estado.

18 Abr – O GURN reúne-se na sua primeira sessão extraordinária, convocada pelo Presidente José Eduardo dos Santos.

16 Mai – O comandante das tropas da ONU em Angola, Philip Sibanda, presta, na seda das Nações Unidas, em Nova Iorque, informações sobre os pendentes do processo de paz.

05 Jun – O Ministério as Relações Exteriores e o Instituto Democrático para os Assuntos Internacionais dos EUA assinam, em Luanda, um acordo de cooperação, com 15 capítulos, com vista ao reforço do seu apoio ao processo de paz.

11 Jun – A Assembleia Nacional aprova e condena, em Luanda, em sessão plenária, uma resolução contra as manifestações de violência ocorridas em alguns municípios do país, na sequência da reposição da Administração do Estado.

14 Ago – O Governo e a Missão de Observação das Nações Unidas em Angola (MONUA) assinam, em Luanda, um acordo que oficializa o exercício das funções deste organismo internacional no país.

28 Ago – O Presidente da República, José Eduardo dos Santos, reinaugura, em Luanda, as instalações do Ministério dos Antigos Combatentes e Veteranos de guerra.

– O Conselho de Segurança da ONU aprova, por unanimidade, uma resolução que contempla sanções diplomáticas e um embargo aéreo contra a Unita, a partir de 30 de Setembro, caso persista em não cumprir as suas obrigações no âmbito do protocolo de Lusaka. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA