Cinco a seis pessoas morrem por semana afogadas nas praias de Luanda

Projeto Praias Seguras de Angola (Foto: Pedro Parente)
Projeto Praias Seguras de Angola (Foto: Pedro Parente)
Projeto Praias Seguras de Angola (Foto: Pedro Parente)

Pelo menos cinco a seis pessoas geralmente menores dos 10 aos 17 anos morrem semanalmente afogados nas praias interditas pelo Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros (SNPCB) na província de Luanda, com o destaque para o distrito urbano da Ingombota e o município de Belas.

“Os banhistas insistem em ignorar estas regras estabelecidas pelos nossos especialistas nas diversas praias de Luanda. Por exemplo, nas últimas 24 horas um menor de 16 anos morreu numa das praias do Benfica, município de Belas, num local com placa de proibição”, sublinhou o porta-voz do comando provincial do SNPCB, Faustino Mingues.

Em declarações terça-feira à Angop, o responsável deplorou que, apesar do patrulhamento com motos de quatro rodas ou aquáticas, estas praias carecem de postos permanentes de nadadores-salvadores do projecto Praias Seguras de Angola (PSA).

Aconselhou, por outro lado, os banhistas da cidade de Luanda a frequentarem as praias no período das nove às 18 horas, por ser o horário estabelecido para a permanência dos mergulhadores do projecto Praias Seguras de Angola (PSA).

Faustino Migues acrescentou que a maior parte das mortes por afogamento é registada depois das 18 horas, período em que, para além dos mergulhadores do PSA estarem ausentes, a maré começa a subir.
Segundo o porta-voz, as praias só se tornam perigosas caso as pessoas não tomem as devidas precauções, envolvendo-se em situações de risco.

Recordou que estão interditas aos banhistas as praias do Ponto Final e Boavista, no Distrito Urbano da Ingombota; Areia Branca, Palmeirinhas, Morro dos Veados e Ramiros, no município de Belas; bem como a da Boca do Rio e Cefopescas, ambas em Cacuaco.

Contrariamente, o responsável adiantou que estão autorizadas ao uso normal as praias da Língua, Jembas, Cepa, Rocha das Mangueiras e Mussulo Centro, Nayuka, Rua-11, dos Generais, Pôr-do-sol e Praia Amélia (todas no município de Belas); Jango Veleiro, Marinha de Guerra, Tamariz, Rotunda da Floresta (Ingombota); e Vila sede (Cacuaco). (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA