Chefe de Estado considera de grande profundidade Plano Director-Geral Metropolitano

José Eduardo dos Santos fala na reunião do Conselho de Coordenação Estratégica de Luanda (Foto: Lucas Neto)
José Eduardo dos Santos fala na reunião do Conselho de Coordenação Estratégica de Luanda (Foto: Lucas Neto)
José Eduardo dos Santos fala na reunião do Conselho de Coordenação Estratégica de Luanda (Foto: Lucas Neto)

O Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, considerou hoje, quinta-feira, em Luanda, de “grande profundidade” o projecto ligado ao Plano Director-Geral Metropolitano de Luanda, apresentado pelos responsáveis da Urbinveste Promoção e Projectos Imobiliários, S.A , empresa responsável pela elaboração do aludido plano.

Em breves palavras antes do início da reunião do Conselho de Coordenação Estratégica de Luanda, que durou mais de cinco horas, o Presidente José Eduardo dos Santos referiu que este programa é instrumento importante para conduzir todas as acções necessárias para o desenvolvimento da província de Luanda.

“Aqui estamos todos juntos para estudar questões relacionadas com o Plano Director da província de Luanda e depois de um longo período de estudo e discussão sobre as soluções para modernizar e desenvolver a capital, eis que a Urbeinveste, empresa contratada, nos apresenta então uma proposta de plano director que reuniu consenso de todos intervenientes (…)”, salientou o Titular do Poder Executivo.

Na sua intervenção de improviso, José Eduardo dos Santos acrescentou que é essa versão final resultante das três reuniões feitas, ligadas ao projecto.

Durante o encontro, foi feita a apresentação da versão final do Plano Director-Geral Metropolitano da cidade capital, do documento do Ministério do Urbanismo e Habitação, do Plano Director dos Distritos do Cazenga, Sambizanga e Rangel.

O relatório das actividades realizadas pela unidade técnica de gestão de saneamento de Luanda, o documento da unidade técnica de gestão e saneamento de Luanda e o projecto de drenagem do distrito Kilamba, município de Belas, também estiveram em discussão.

Em Março, o conselho, numa reunião igualmente presidida pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, tomou também conhecimento do relatório do Gabinete Técnico de Coordenação e Acompanhamento dos Projectos da Cidade de Luanda, referente ao período de Setembro a Dezembro de 2014. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA