Centenas de portugueses ajudam a construir maior barragem de Angola

Obras da Barragem de Laúca, em Malanje. (Foto: D.R.)
Obras da Barragem de Laúca, em Malanje. (Foto: D.R.)
Obras da Barragem de Laúca, em Malanje.
(Foto: D.R.)

Perto de 300 trabalhadores portugueses participam na construção da maior barragem de Angola, em Laúca, no rio Kwanza, mas a obra faz-se em português também com milhares de operários angolanos e brasileiros. O Aproveitamento Hidroelétrico de Laúca vai produzir, a partir de 2017, cerca de 2.070 MegaWatts (MW) de eletricidade, mais do dobro da capacidade das duas barragens já em funcionamento no mesmo rio, mas ainda insuficiente para as necessidades do país.

Localizada no município de Cambambe, na província do Cuanza Norte, a barragem foi encomendada pelo Estado angolano por 4,3 mil milhões de dólares (3,8 mil milhões de euros) aos brasileiros da Odebrecht, envolvendo financiamento da linha de crédito do Brasil, para vir a servir cinco milhões de pessoas. (cmjornal.xl.pt)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA