Cabinda: Dez mil mulheres beneficiam do Cartão Kicuia

Rosa Pacavira - Ministra do Comercio (Foto: Cortesia do JA a Angop)
Rosa Pacavira - Ministra do Comercio (Foto: Cortesia do JA a Angop)
Rosa Pacavira – Ministra do Comercio (Foto: Cortesia do JA a Angop)

Dez mil mulheres da província de Cabinda em idade produtiva beneficiaram receberam, sábado, o cartão Kikuia, no âmbito do Programa Ajuda Pelo Trabalho (Proajuda).

O acto, decorrido no pavilhão multi-uso do Tafe, nesta cidade, foi orientado pela ministra do Comércio, Rosa Pacavira, em alusão ao 17 de Outubro, “Dia Internacional da Erradicação da Pobreza”.

Na ocasião, a ministra explicou que as beneficiárias poderão com o cartão Kikuia ir a uma loja abastecer-se com bens essências de primeira necessidade.

O cartão, prosseguiu, só é entregue à senhoras que estão inseridas num trabalho produtivo, como lavandeiras, zungueiras, peixeiras, quitandeiras, camponesas, costureiras, dentre outras actividades socialmente úteis.

Salientou que a entrega do referido cartão dá seguimento a uma orientação de 2014 do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, de modo que as mulheres principalmente do meio rural e da periferia tivessem acesso a um complemento das suas economias domésticas.

“Assim foi criado o Proajuda para que através do cartão kicuia, que tem o valor de dez mil kwanzas, possam ir a uma loja e comprar comida, vestuário, sementes, caderno, leite, peixe, carne e pão para os filhos”, esclareceu.

De acordo com a ministra do comércio, actualmente o Proajuda beneficia mais de 61 mil mulheres com um agregado de cerca de 366 mil pessoas, numa média de seis filhos por cada casa. (portalangop.co.ao)

DEIXE UMA RESPOSTA