Benguela: Produção de energia domina 3ª reunião do Conselho de Concertação Social

Isaac dos Anjos-Governador da província de Benguela (Foto: António Escrivão)
 Isaac dos Anjos-Governador da província de Benguela (Foto: António Escrivão)

Isaac dos Anjos-Governador da província de Benguela (Foto: António Escrivão)

O ponto de situação de produção, transporte e distribuição de energia eléctrica e água em Benguela dominou, sexta-feira, a terceira reunião do Conselho Provincial de Auscultação e Concertação Social, que decorreu sob orientação do governador, Isaac dos Anjos.

Neste domínio, os membros deste conselho tomaram conhecimento da execução do projecto de electrificação e iluminação pública em diversos bairros dos municípios do litoral da província de Benguela, num programa suportado com recursos públicos e que visa aumentar o acesso à energia eléctrica às famílias que moram na zona periférica.

A expectativa das autoridades locais é a de que, com os investimentos públicos em curso, a rede eléctrica da província venha a proporcionar maior e melhor disponibilidade de energia para atender regularmente o funcionamento das instalações industriais e habitacionais nas cidades de Benguela e do Lobito, respondendo assim a demanda gerada pelo crescimento da população.

Também mereceu a atenção dos membros deste órgão de consulta do Governo Provincial de Benguela, a informação sobre a proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE), de 2016, para a província, que se destinam a atender despesas de pessoal, bens e serviços e investimentos públicos.

No domínio das infra-estruturas sociais, foi apreciada a resolução nº94/015 atinente ao processo de construção do Hospital Municipal do Lobito, numa iniciativa que visa conferir serviços de saúde de qualidade à altura da expansão demográfica daquela cidade ferro-portuária da província de Benguela.

Os membros do conselho abordaram igualmente o grau de implementação do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza, na província de Benguela, apresentado pelo vice-governador para o sector Económico, Gika Morais, assim como o relatório do Papagro (Programa de Aquisição de Produtos Agropecuários).

No âmbito da Comissão Multissectorial da Saúde e Educação, a reunião procedeu à apresentação do relatório de visitas realizadas às escolas privadas de formação de técnicos de saúde, para constatar o seu funcionamento em conformidade com as normas estabelecidas pelas autoridades.

Outros assuntos de relevo foram a sinistralidade rodoviária na província de Benguela, para além da apresentação da situação da segurança pública, por parte da Delegação Provincial do Ministério do Interior.

No que à comemoração dos 40 anos da Independência Nacional diz respeito, os membros do Conselho de Auscultação e Concertação Social foram informados dos preparativos em curso, visando o acto político provincial agendado para o Estádio de Ombaka, no dia 11 de Novembro de 2015. (portalangop.co.ao)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA